Campo Grande/MS, Domingo, 15 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sábado, 23 de Novembro de 2019, 11h:52
Tamanho do texto A - A+

No Estado plantio de soja está cerca de 30% atrasado

Os reflexos serão sentidos na segunda safra de 2020

Laryssa Maier
Capital News

Aprosoja/MS

Previsão de colheita da soja aumenta para 9 milhões de toneladas

Já a segunda safra do ano que vem terá janela muito apertada e Aprosoja MS orienta busca por culturas alternativas

Os produtores do Mato Grosso do Sul seguem enfrentando dificuldades para realizar o plantio da safra de soja 2019/20. Até o momento, apenas 75% foi semeado, o que representa um atraso de cerca de 30% com relação à última safra.

 

Estado cultivou apenas 75% das áreas de soja até a última semana devido a falta de chuvas, mas expectativa ainda é de boa produção e boa rentabilidade para o grão. Já a segunda safra do ano que vem terá janela muito apertada e Aprosoja MS orienta busca por culturas alternativas

 

Segundo o presidente da Aprosoja MS, André Figueiredo Dobashi, algumas regiões já contabilizam 17 dias sem chuvas e os trabalhos de semeadura seguem atrasados, mas ainda devem ser finalizados dentro de uma boa janela e garantir a produtividade esperada.

 

Já para a segunda safra de 2020 as projeções são um pouco mais preocupantes e a janela deve ficar bastante apertada para o cultivo do milho. Diante disso, a recomendação da Aprosoja MS é que o produtor avalie a sua realidade e não plante milho muito fora da janela, ao invés disso aposte em culturas alternativas como aveia, trigo, sorgo ou plantas de cobertura.

 

Segundo assessoria em meio a essas preocupações, os produtores sul-mato-grossenses aproveitam para fechar vendas desta próxima produção da soja. De acordo com Dobashi já foram negociados 40% da safra com preços satisfatórios impulsionados pelo câmbio alto.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix