Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 14 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 15h:26
Tamanho do texto A - A+

Número de abate bovino cresce 46% no Estado

Foram 17 mil toneladas, de janeiro a agosto

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação

Com 300 mil animais para abater, pecuaristas podem optar por frigoríficos menores

Esse é tema do Mercado Agropecuário dessa segunda-feira (16)

Dados apontam que o volume de carne bovina exportada pelo Estado, entre janeiro a agosto foi de 17 mil toneladas. Um aumento de 46% em relação a 2018. Entre os principais consumidores da carne estão o Chile, Hong Kong e os Emirados Árabes Unidos. A receita da comercialização atingiu o valor de US$ 432,2 milhões.Os dados são do MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços). 

 

A perspectiva para os próximos meses ganhou força já que mais duas plantas frigoríficas do estado estão habilitadas a vender carne para a China, um mercado novo e robusto. Segundo assessoria o presidente do Sistema Famasul, Maurício Saito, essa abertura contribui para alavancar ainda mais o aumento da comercialização. 

 

Segundo o Mapa, o número de abates no Brasil durante os oito primeiros meses registrou um aumento de 10,7%, chegando aos 2,1 milhões de cabeças de gado e 548 mil toneladas.

 

Mercado Agropecuário – O Sistema Famasul divulga todas as segundas-feiras uma matéria sobre o andamento das principais cadeias produtivas de Mato Grosso do Sul.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix