Campo Grande/MS, Terça-Feira, 14 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sexta-Feira, 13 de Março de 2020, 11h:31
Tamanho do texto A - A+

Safra de grãos aponta estimativa crescimento em 2020

O crescimento pode chegar a 4,1%, em comparação à temporada passada

Flávio Veras
Capital News

Divulgação

FMC irá participar de feira no MS

 

A safra de grãos 2019/20 pode ter um 4,1% na produção de grãos em comparação a passada. O indicativo atual é de um volume total na ordem de 251,9 milhões de toneladas, um crescimento de 9,9 milhões de toneladas, em relação a 2018/19.

 

Segundo reportagem do site Agrolink, para a área semeada, a expectativa é que sejam cultivados 64,78 milhões de hectares, ou seja, uma variação positiva de 2,4% em comparação àquela área utilizada na safra anterior. As condições climáticas vêm favorecendo as lavouras, e a perspectiva é que os níveis de produtividade apresentem bom desempenho nesta temporada. 

 

Algodão: após crescimentos significativos de área nas duas últimas safras, nesta, apesar do contínuo crescimento, verificou-se uma menor variação de 3,3%, atingindo 1.670,8 mil hectares, contra 1.618,2 mil hectares em 2018/19. 

 

Arroz: a safra apresenta redução de 2,4% na área cultivada, totalizando 1.656,8 mil hectares, e uma produção de 10,5 milhões de toneladas.

 

Feijão primeira safra: apesar da menor área semeada, a produtividade maior deverá resultar em uma produção de 1,05 milhão de toneladas, 6,1% superior que na última safra, que sofreu com os problemas decorrentes das adversidades climáticas.

 

Feijão segunda safra: lavouras em implantação. Há expectativa de cultivo de 1.442,3 mil hectares, crescimento de 2,5% sobre a área cultivada na safra anterior. Paraná, Mato Grosso e Minas Gerais estão entre as maiores áreas plantadas nesse período.

 

Milho primeira safra: influenciada pelas boas cotações do cereal, houve crescimento de 3,2% na área semeada, totalizando 4,23 milhões de hectares, e a produção está estimada em 25,6 milhões de toneladas, 0,3% superior a 2018/19. Com relação à segunda safra, a semeadura iniciada em janeiro vem acontecendo de acordo com o avanço da colheita da soja.

 

A área apresenta crescimento de 2,1%, tendo em vista a sua rentabilidade atual e as condições climáticas favoráveis. Para a produção total do milho primeira e segunda safras estima-se uma produção de 100,1 milhões de toneladas, 0,3% acima da safra passada.

 

Soja: a cultura manteve a tendência de crescimento na área cultivada e, nesta safra, a estimativa aponta para acréscimo na produção de 8% em relação ao ciclo passado, produzindo 124,2 milhões de toneladas. 

 

Safra inverno 2020

 

Trigo: o plantio tem início a partir de abril. Há perspectivas de manutenção da área.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix