Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Sábado, 14 de Setembro de 2019, 09h:02
Tamanho do texto A - A+

Dourados recebe investimentos para saúde

Governo do Estado realizou um repasses de R$ 2,9 milhões para saúde do Município

Adriana Ximenes
Capital News

Portal/ MS

Dourados recebe investimentos para saúde

Dourados também recebeu na última semana um montante de 244,4 mil, para incentivar na área de Estratégia de Saúde da Família

 

Dourados está recebendo em dia os repasses para o Hospital da Vida, UPA, SAMU, Hospital Universitário (HU), Agentes de Saúde e de Combate a Endemias, entre outros, o repasse está sendo feito pelo Governo do Estado. 

 

Para o secretário de Estado de Saúde Geraldo Resende, as cidades que são sedes de macrorregiões, como é o caso de Dourados, precisam estar com as transferências desses recursos em dia, para poderem prestar atendimento em média e alta complexidade à população local e regional.

 

 O Governo do Estado priorizou pagamentos que vão possibilitar o repasse, somente para o Hospital da ações em saúde; R$ 116 mil como incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde; R$ 92,5 mil para a Associação Beneficente Douradense; e R$ 66 mil como incentivo Vida, de R$ 1 milhão. Para o Hospital Universitário da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) foi feito um aporte de R$ 550 mil, enquanto que a UPA recebeu R$ 250 mil. Para custear internações em UTI Neonatal (referente à cota parte do Estado em atendimento a termo de conciliação judicial) foram repassados R$ 140 mil.

 

Dourados também recebeu na última semana um montante de 244,4 mil, para incentivar na área de Estratégia de Saúde da Família (ESF); R$ 216 mil, como forma de incentivo estadual para atenção à macrorregião de Dourados; R$ 200 mil como forma de apoio estadual às aos Agentes de Combate a Endemias; entre outros recursos.

 

O secretário Geraldo Resende e o ministro Luiz Mandetta já se reuniram por duas vezes para tratar um plano emergencial que vai garantir recursos adicionais oriundos dos cofres do Estado e da União. O Estado pretende aumentar o valor repassado mensalmente para o município poder somar a oferta de exames especializados, como colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE), videonasolaringoscopia, ressonância nuclear magnética, exames laboratoriais, cardiológicos, Raios-X, ultrassonografia e tomografia computadorizada.

 

 

 

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix