Campo Grande/MS, Domingo, 09 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020, 18h:31
Tamanho do texto A - A+

Dourados recebe reforço financeiro para combater Covid-19

Secretário de Saúde confirmou mais R$ 6 milhões até o fim do ano

Rogério Vidmantas
Capital News

A. Frota/Assecom

Délia Geraldo

Reunião nesta quarta teve Geraldo Resende, Délia Razuk e Alan Guedes

O município de Dourados vai receber um reforço de caixa importante para combater a disseminação de casos da Covid-19. O Governo do Estado vai fazer um repasse de R$ 6 milhões para serem utilizados na área de Saúde. O valor foi dividido em seis parcelas mensais de R$ 1 milhão, a primeira depositada nesta semana.

 

A notícia foi confirmada pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, em reunião nesta quarta-feira (27) com a prefeita Délia Razuk. No encontro estavam também a secretária municipal de Saúde, Berenice de Oliveira Machado e a equipe técnica da Pasta. O presidente da Câmara, Alan Guedes (DEM), também participou do ato, ocorrido na Sala de Reuniões anexa ao Gabinete da Prefeita, no Centro Administrativo Municipal.

 

De acordo com Resende, há preocupação do Governo Estadual com o crescimento de casos na região, particularmente em Dourados, que tem 197 pacientes confirmados no último boletim divulgado. “Trata-se de um reforço financeiro que o Estado está oferecendo para o custeio da saúde em Dourados, e que contempla toda a região sul do Estado”, disse o secretário.

 

A prefeita Délia Razuk voltou a destacar o apoio do governo do Estado e considerou que o reforço financeiro vai contribuir para o enfrentamento do coronavírus na cidade, fortalecendo as ações de saúde em Dourados, que acolhe municípios de todo o sul de Mato Grosso do Sul.

 

Délia também reconheceu o esforço e dedicação da equipe técnica da saúde municipal e destacou a atuação do Comitê de Gerenciamento da Crise do Covid-19, formado por vários profissionais e que tem trabalhado diuturnamente, com ações e medidas para o enfrentamento da pandemia.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix