Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 13 de Dezembro de 2018 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Terça-Feira, 13 de Março de 2018, 15h:57
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Governo cogita 40% de etanol na gasolina

Por Marco Eusébio

Da coluna Entrelinhas da Notícia
Artigo de responsabilidade do autor

Ilustração/Reprodução

ColunaMarcoEusébio

Maioria dos carros novos é de modelo flex - mas aumento do etanol na gasolina pode desgastar peças de carros antigos

Buscando alternativas de reduzir o preço da gasolina, Michel Temer prepara um decreto que poderá aumentar o índice de etanol da gasolina que pode chegar a 40%, mas a equipe econômica resiste ao índice, pois estima perda de R$ 4 bi em arrecadação diz a Folha de S.Paulo. A medida pode vir com a regulamentação do programa RenovaBio. Sancionada no fim de 2017, a nova política para o setor prevê redução de poluentes em derivados de petróleo (como a gasolina) e o aumento do uso de combustíveis menos nocivos ao ambiente, como o etanol. Hoje, cada litro de gasolina tem 27% de álcool anidro. Com o decreto, o índice subirá escalonadamente até 30%, em 2022; e 40%, em 2030, se Temer mantiver os números aprovados pelo Congresso. Carros novos movidos só a gasolina são minoria no Brasil. A maioria hoje é de modelos flex – que rodam também com etanol. Porém, carros antigos, fabricados até 1990, podem apresentar alterações em itens feitos com borracha, como mangueiras de combustível, além de plásticos e metais, que tendem a oxidar com o etanol.

 

 

   Leia a coluna de hoje clicando aqui em Marco Eusébio in Blog

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix