Campo Grande/MS, Sábado, 18 de Agosto de 2018 | 14:26
27˚
(67) 3042-4141
Opinião
Quarta-Feira, 13 de Junho de 2018, 13h:15
Tamanho do texto A - A+

A fila se mexeu no STF

Por Júlio César Cardoso*

Artigo de responsabilidade do autor
Envie seu artigo para opiniao@capitalnews.com.br

Divulgação

Júlio César Cardoso - Artigo

Júlio César Cardoso

 

Todos os políticos criminosos, que desdenhavam  da Justiça, cometeram o grande equívoco ao não acreditar que um dia ela poderia bater às suas portas.  E a Lava-Jato veio para sacudir o Judiciário brasileiro. Odiada por políticos corruptos, mas saudada pela maioria da população, a Lava-Jato é o marco de uma nova era na caçada  aos malfeitores políticos nacionais.


Pois é, e a fila se mexeu. O STF  condenou a 13 anos e nove meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro o deputado Nelson Meurer (PP-PR),  o primeiro parlamentar dos mais de 200 encalacrados na Operação Lava-Jato.

E a próxima parlamenar a ser julgada, neste mês de junho, será a impoluta e desafeta do juiz Sérgio Moro, a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR), acusada de ter recebido 1 milhão de reais de propina oriunda da mesma fonte ilegal que abasteceu as contas de Nelson Meurer.

Todos aqueles políticos solertes que se abeberam de fontes ilícitas e que mascaram os seus malfeitos devem pagar por seus erros na Justiça.

 

 

*Júlio César Cardoso
Bacharel em Direito e servidor federal aposentado
Balneário Camboriú-SC

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix