Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 13 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 15 de Julho de 2019, 16h:53
Tamanho do texto A - A+

Agetran aponta obras em andamento e queda no número de usuários de ônibus

“Os recursos que estão sendo utilizados nestas obras eram de 2012 e estavam travados na Caixa, nós conseguimos reaver desde o início da nossa gestão”, afirma Janine Bruno.

Flavia Andrade
Capital News

Flavia Andrade/ Capital News

Agetran aponta obras em andamento e queda no número de usuários de Transporte Coletivo.

“Os recursos que estão sendo utilizados nestas obras eram de 2012 e estavam travados na Caixa, nós conseguimos reaver desde o início da nossa gestão”, afirma Janine Bruno.

 

Com o debate sobre o transporte público na Capital, o diretor-presidente da Agetran (Agência de Transporte e Trânsito), Janine Bruno destacou durante entrevista, os recursos utilizados para algumas obras de melhorias que estão ocorrendo na Capital, entre elas, “ a obra de mobilidade e os corredores de ônibus estão sendo realizadas com recursos de 2012, que estavam travados na Caixa Econômica Federal, que já eram pra ter sido utilizados nos quatro anos da gestão anterior, porém, não foram utilizados. O ônibus precisa ter uma velocidade média maior, passar a ter uma confiabilidade maior no sistema, com o corredor, o ônibus pode ter essa velocidade maior”, aponta. 

 

“Na verdade isso já está acontecendo, eles já estão acontecendo na Guia Lopes e na Bandeirantes, na Brilhante, vamos licitar agora a rua Bahia e a Calógeras, e é de início imediato”, diz Janine Bruno. 

 

“Vem tendo uma queda de usuários, isso não é Campo Grande, é o Brasil, por uma série de coisas, você tem a crise, o desemprego, as pessoas começaram a trabalhar mais perto de casa, tem os aplicativos de mobilidade urbana também, então, você tem uma queda dos pagantes e dos não pagantes também”, afirma. 

 

Com relação ao corredor na Avenida Afonso Pena, Janine Bruno diz que, “Com o tombamento pela justiça do canteiro central, temos que analisar como seria viável fazer essa alteração, se é no canteiro, se é junto a calçada, qual a melhor opção”, declara.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix