Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Esporte
Quinta-Feira, 04 de Julho de 2019, 08h:06
Tamanho do texto A - A+

Peru surpreende de novo e enfrenta Brasil na final da Copa América

Liderados por Guerrero, peruanos aplicaram convincentes 3 a 0 no Chile em Porto Alegre

Rogério Vidmantas
Capital News

Vinicius Costa/BP Filmes)

Chile Peru

Flores, Guerrero e Yotún, autores dos gols peruanos, comemoram classificação com lateral Trauco

A decisão da Copa América está definida e nada de Argentina, Uruguai ou Chile contra o Brasil. O Peru voltou a surpreender e, com um convincente 3 a 0 em Porto Alegre, eliminou os bicampeões chilenos para garantir um lugar na final. Os gols foram marcados por Flores, Yotún e Guerrero, mas o goleiro peruano Gallese foi decisivo com boas defesas, inclusive um pênalti, já nos acréscimos. 

 

A decisão da Copa América entre Brasil e Peru será no domingo (6), às 16h (MS), no Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro. Um dia antes, na Arena Corinthians, em São Paulo, às 15h (MS), Argentina e Chile, que fizeram as duas últimas finais, jogam pela disputa do terceiro lugar.

 

O jogo

 

O primeiro tempo na Arena do Grêmio mostrou um Peru bem diferente dos outros jogos na competição. Bem articulado na marcação e na jogadas de ataque, envolveu o Chile com surpreendente facilidade. Os comandados de Ricardo Gareca levaram perigo logo no primeiro minuto, com um chute de Cueva após boa jogada de Guerrero. O placar foi aberto aos 20 minutos após cruzamento de Cueva pela direita. Carrillo desviou de cabeça e Flores, livre pela esquera, pegou de primeira, sem chance para Arias. 

 

Após levar o gol, o Chile melhorou e passou a rondar a área adversária, mas isso não incomodou a confiante seleção peruana que chegou ao segundo gol. Aos 37 minutos, Carrillo recebeu lançamento longo pela direita, chegou antes que o goleiro Arias na bola e, da linha de fundo, cruzou. Yotún matou a bola na linha da grande área e emendou para o gol vazio, fazendo 2 a 0, placar do primeiro tempo. 

 

Na volta do intervalo, o Chile deu ideia que o jogo seria diferente e quase diminuiu já aos cinco minutos, com uma bola na trave em cabeçada de Sánchez. Depois, o goleiro Gallese, que já havia feito uma grande defesa no primeiro, voltou a aparecer. Aos 29 evitou gol de Vargas, aos 35 parou Vidal e no minuto seguinte, Sánchez.

 

A classificação peruana foi sacramentada aos 45. Paolo Guerrero recebeu na entrada da área, driblou Arias e tocou para o gol vazio. Foi o 13º gol do atacante na Copa América, agora o maior goleador da competição em atividade. Nos acréscimos, o Chile teve chance de diminuir em cobrança de pênalti, mas Vargas, com cavadinha, jogou a bola nas mãos de Gallese, coroando atuação perfeita do goleiro peruano. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix