Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 26 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Opinião
Domingo, 21 de Julho de 2019, 07h:00
Tamanho do texto A - A+

Tragédias anunciadas

Por Oscar D’Ambrosio*

Artigo de responsabilidade do autor
Envie seu artigo para opiniao@capitalnews.com.br

O universo das gangues urbanas formadas por jovens desesperançados se espalha pelos EUA, Europa e Brasil. Talvez um dos melhores retratos cinematográficos dessa triste realidade seja o filme italiano “Garotos Choram”. Dirigido pelos Irmãos D’Innocenzo, traz, de maneira realista, a miséria de uma complexa realidade social.

Unesp

Oscar D'Ambrosio - Artigo

Oscar D'Ambrosio


Dois amigos, estudantes do ensino médio da periferia ajudam suas famílias com subempregos. Não há maiores perspectivas de futuro ou de ascensão social. Ao atropelarem um homem numa madrugada, tudo parece desabar. Mas o que parecia ser o fim é o novo começo, pois eles mataram o desafeto de uma gangue local.

O pai de um dos rapazes torna aquela morte um troféu e insere o filho no submundo. Logo o amigo também começa a participar. E a vida de ambos muda. Começam a ter dinheiro para ter pequenos e grandes prazeres e também para pequenas e grandes prazeres.

A vida desanda. A violência começa a imperar nos atos sexuais com parceiras, nos diálogos coma família e nas conversas cotidianas. E os crimes aumentam, do aliciamento de prostitutas a assassinatos sob encomenda. É criada uma situação de descontrole nas mais diversas esferas que leva a inevitáveis tragédias anunciadas.

 

 

*Oscar D’Ambrosio

Jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e pós-doutorando e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix