Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 22 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2019, 13h:11
Tamanho do texto A - A+

Exportações do agro batem recorde e ultrapassam US$ 5 bilhões em MS

O valor é o maior registrado na série histórica

Caroline Carvalho, com assessoria
Especial para Capital News

Aprosoja/MS

Previsão de colheita da soja aumenta para 9 milhões de toneladas

Soja teve participação de 34% nas exportações sul-mato-grossenses no ano passado

A receita das exportações do agronegócio sul-mato-grossense atingiu um recorde de US$ 5,692 milhões no ano passado, montante 18,97% superior ao de 2017. Segundo dados do Agrosat, serviço de estatística de comércio exterior do Ministério da Agricultura,  o valor é o maior registrado pelo Estado na série histórica..

 

Segundo o levantamento, a balança comercial sul-mato-grossense fechou o ano com superávit de US$ 2,934 bilhões. Os principais destaques foram a soja e a celulose, que tiveram participação de 34% e 33%, respectivamente, nas exportações do agronegócio do Estado. Carnes bovina (9,7%) e de frango (4,8%) aparecem na sequência. Açúcar de cana (3,1%) e milho (1,5%) também se destacam. 

 

Divulgação/MAPA

Exportações do agro batem recorde e ultrapassam US$ 5 bilhões em MS

 

 

De acordo com o governador Reinaldo Azambuja, o desempenho se deve, em parte ao uso da tecnologia no agronegócio e, por isso, tem apoiado a pesquisa científica. Durante a feira agropecuária Showtec, ele autorizou o repasse de R$ 1,6 milhão para a Fundação MS aprimorar as culturas de soja e milho.

 

“O desempenho da balança comercial já foi o melhor de todos os anos e isso dá ganho para toda a sociedade. O Governo tem a obrigação de apoiar e é o que estamos fazendo. Assinamos um termo de transferência financeira de R$ 1,6 milhão para fortalecer pesquisa, ajudar a Fundação MS a continuar esse bom trabalho que chega a todo o setor produtivo. Você aumenta a produtividade, dá uma estabilidade produtiva, principalmente na segurança das pesquisas e das variedades, adubação, correção de solo, plantio direto, e isso faz o Estado ser competitivo. É um ganho para toda a sociedade”, afirmou o governador.

 

Recentemente, um levantamento do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) mostrou que Mato Grosso do Sul tem 12 municípios na lista dos 100 maiores produtores do agronegócio brasileiro. O melhor colocado do Estado é Maracaju, na 15ª posição, com crescimento de 12,81%, no período de 2014 a 2016.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix