Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 05 de Agosto de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 09 de Junho de 2021, 10h:56
Tamanho do texto A - A+

Após solicitação, Mato Grosso do Sul poderá receber 3 milhões de vacinas

Com as doses, toda a população seria vacinada em cinco dias

Lethycia Anjos
Capital News

Edemir Rodrigues/Portal MS

Mato Grosso do Sul soma 1.199.010 doses recebidas da vacina contra Covid-19

Vacinas contra a covid-19

Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul (Cosems-MS) encaminhou ao Ministério da Saúde, um ofício solicitando o envio do lote com 3 milhões de doses da vacina Janssen contra a Covid-19. Se aprovado, o estado poderá vacinar toda a população adulta em 5 dias, tornando-se referência mundial.

 

Entre as justificativas do Cosems está o avanço da pandemia em Mato Grosso do Sul, no período de janeiro a maio deste ano, o estado registrou um avanço considerável no número de casos. Segundo o Cosems houve um salto de 125 mil casos para mais de 300 mil infecções pela Covid19, nos seis primeiros dias do mês de junho. 

 

“Estamos enfrentando um aumento no número de casos e óbitos acarretando uma superlotação dos leitos de UTI e uma fila de espera para leitos com 231 pessoas, acarretando na necessidade de transferência para outros Estados”, destaca o ofício. 

 

Dados do Boletim Epidemiológico do Governo do Estado, apontam que foram contabilizados 1.702 novos casos por dia na última semana. Em maio, o mesmo período registrou 874 novos casos.

 

O Ministério da Saúde anunciou que o Brasil receberá nas próximas semanas um lote com cerca de 3 milhões de doses da vacina Janssen com data de validade para o dia 27 de junho, devido ao prazo de validade a distribuição e aplicação das vacinas deverá ocorrer no período de 10 a 14 dias. Ao todo, o acordo firmado com a Farmacêutica prevê a destinação de 38 milhões de doses que serão entregues entre o 3° e 4° trimestre de 2021. Vale ressaltar que ao contrário da maioria dos imunizantes contra a Covid-19, a vacina da Janssen necessita de apenas uma aplicação. 

 

Outro ponto destacado no documento foi a eficiência logística da campanha de vacinação em Mato Grosso do Sul, visto que os lotes recebidos são encaminhados aos 79 Municípios do em aproximadamente 12 horas. “Mato Grosso do Sul vem figurando desde o início da campanha de Vacinação, como um dos dois Estados que mais aplica a vacina contra a Covid-19”, enfatiza. 

 

Ainda conforme o ofício, que será avaliado pelo ministro da saúde Marcelo Queiroga, a vacinação em massa possibilitaria que o Ministério da Saúde realizasse um estudo pioneiro mundialmente, ao vacinar todo um estado.

 

“Mato Grosso do Sul é um Estado pequeno, com baixa densidade demográfica,

e que no momento possui uma taxa de infecção elevada para que o efeito da vacinação

possa ser avaliado mais rapidamente, e possui condições de realizar a pesquisa”.

 

O Cosems argumenta que a celeridade do processo de vacinação no estado impossibilitaria que as doses fossem perdidas, tendo em vista o curto prazo de validade das vacinas.  “Salientamos que caso Vossa Excelência decida em nos enviar este lote de vacina, isso agilizaria a distribuição, pelo Ministério da Saúde deste imunizante que possui um prazo curto de validade, e garantiria que não haveria perda do mesmo. Temos uma ótima logística e um grande desempenho na aplicação das vacinas que é demonstrada pelo percentual de 96,67 das vacinas recebidas aplicadas o que nos qualifica para assumirmos o compromisso em receber, distribuir e aplicar essas vacinas em 5 dias”, finaliza o ofício. 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix