Campo Grande/MS, Domingo, 17 de Outubro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Domingo, 19 de Setembro de 2021, 10h:05
Tamanho do texto A - A+

Aumento de viaturas da Polícia Militar traz segurança a comerciantes

Mato Grosso do Sul recebe R$ 66,3 milhões no veículos; Antigos carros serão leiloados pela SAD

Elaine Silva
Capital News

Saul Schramm/Portal MS

Mato Grosso do Sul recebe R$ 66,3 milhões em viaturas

Viaturas da Polícia Militar

Mato Grosso do Sul já investiu R$ 66,3 milhões para renovar e ampliar a frota da Polícia Militar. “São investimentos que nunca vimos antes, que contribuem para a ampliação e melhoria do policiamento ostensivo e preventivo e que asseguram boas condições de trabalho e segurança aos nossos policiais”, afirma o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira.

 

Ainda este ano, o Governo do Estado vai entregar mais 300 novas viaturas, que irão beneficiar todas as forças de segurança de Mato Grosso do Sul,  que conta com 905 novas viaturas, que estão distribuídas nos 78 municípios do interior. 

 

Com a substituição dos veículos antigos, por viaturas zero quilômetro, a Polícia Militar de Mato Grosso do Sul disponibilizou à SAD 202 lotes para serem leiloados. De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), com a renovação da frota, as viaturas antigas, foram encaminhadas para a Secretaria de Administração e Desburocratização do Estado (SAD), para serem leiloadas. De janeiro até agora a SAD, que é responsável pela Gestão Patrimonial de bens móveis do Governo do Estado, já levou a leilão 238 lotes de veículos da frota estadual. O total arrecadado com a venda dos veículos considerados inservíveis foi de R$ 3,2 milhões.

Saul Schramm/Portal MS

Aumento de viaturas da Polícia Militar traz segurança a comerciantes

Edilson Aguirre, dono da Choperia e Pizzaria Aguirre,

 

Segurança aos comerciantes 

Com o aumento de viaturas nos bairros da Capital, após a implantação do programa OCOP (Obtenção de Capacidade Operacional Plena) da Polícia Militar, comerciantes revelaram que estenderam o horário de atendimento e se sentem mais seguros com a presença da polícia, que conseguem inibir eventuais roubos e furtos nos estabelecimentos. Edilson Aguirre, dono da Choperia e Pizzaria Aguirre, que fica no bairro Nova Lima, contou que o aumento de viaturas na região é muito bom  para os comerciantes e empresários, que se sentem mais seguros. “Estou achando bom esta presença maior de policiais e viaturas, pois assim sofremos menos com roubos e furtos. Aqui, durante pandemia, estavam roubando até lâmpadas”, relatou. 

Saul Schramm/Portal MS

Aumento de viaturas da Polícia Militar traz segurança a comerciantes

Empresário Waldilei Borges de Almeida

 

O empresário Waldilei Borges de Almeida, dono do Palácio Móveis e colchões, que fica na Avenida Júlio de Castilho, destacou que a presença das viaturas na região inibem os “criminosos” para eventuais furtos e roubos.  “Com mais viaturas fazendo as rondas os bandidos se sentem ameaçados. Muitos comerciantes aqui já reclamaram de roubos e minha loja fica ao lado de uma agência bancário, por isso o cuidado é redobrado”.

 

OCOP

O programa que começou em julho colocou mais 48 viaturas para reforçar as rondas em toda a região metropolitana de Campo Grande, para que além da prevenção, possas dispor de um atendimento mais rápido nas ocorrências. Os veículos são monitorados em tempo rela, por uma sala de situação no Comando Geral da PM. Programa começou pela região metropolitana de Campo Grande, com abrangência a 1.035.833 pessoas, que além da Capital incluem os municípios de Bandeirantes, Corguinho, Jaraguari, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos. Ele conta com uma atuação diária de 90 policiais e 500 disponíveis para o projeto.  “Nós triplicamos o número de viaturas na cidade, para ter presença de mais policiais rodando 24 horas, sendo monitoradas e acompanhadas pelo Ciops por meio de GPS, em tempo real”, relatou o governador Reinaldo Azambuja  (PSDB)

 

O secretário estadual de Segurança, Antônio Carlos Videira, afirmou que o programa é o maior projeto de policiamento preventivo da história de Mato Grosso do Sul. “Começamos na Capital, e agora haverá sua replicação para Dourados, Três Lagoas, Corumbá e Ponta Porã, fazendo com que a Polícia Militar tenha capacidade de atender o maior volume possível de ocorrências no menor espaço de tempo”.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix