Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 09 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Domingo, 01 de Dezembro de 2019, 10h:15
Tamanho do texto A - A+

Autores sul-mato-grossenses são premiados no Concurso de Contos Ulysses Serra

ASL irá homenagear autores escolhidos em evento no dia 12 de dezembro

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/ Assessoria

Autores sul-mato grossenses ganham no Concurso de Contos Ulysses Serra

Presidente da ASL, Henrique de Medeiros, e a Comissão Organizadora, composta por Américo Calheiros, Ileides Muller e Raquel Naveira

Na última quinta-feira (28) a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras divulgou o resultado do Concurso de Contos Ulysses Serra, promovido para incentivar a produção literária no Estado. Na edição 2019, o conto vencedor é: “Atavanado”, de Michele Eduarda Brasil de Sá. Já o segundo e terceiro lugares do certame são, respectivamente, de André Luiz Pereira Alves (Campo Grande) e Oswaldo Francisco da Silva Dourado (Três Lagoas).

 

Os autores serão certificados em evento que acontece na ASL em 12 de dezembro, com a presença de acadêmicos e convidados. Michele, também de Campo Grande, receberá prêmio de R$ 1.500, e os demais ganham R$ 1.000 e R$ 500. Todos os contos tiveram a estrutura e conteúdo minuciosamente avaliados pela comissão julgadora, composta pelos acadêmicos Raquel Naveira, Rubenio Marcelo e Samuel Medeiros.

 

Segundo assessoria para o presidente da ASL, o escritor Henrique de Medeiros, esta ação faz cumprir uma das funções basilares da ASL “que é democratizar a arte literária e suas vertentes, incentivando a escrita em âmbito local”. “Retomamos a tradição de um dos principais concursos literários do Estado para incentivar autores daqui e estimular novos talentos”, finalizou, acerca do concurso lançado em 2010.

 

O Concurso de Contos Ulysses Serra presta homenagem ao corumbaense que fundou a Academia de Letras e História de Campo Grande, em 30 de outubro de 1971. Com expressivo número de escritores estaduais, já premiou contos como: “O Santo que não tinha os pés”, de Reginaldo Costa (Campo Grande); “Gato Preto”, de Lilian Jorge (Deodápolis); “Lições de um caminhão de Lixo”, de Mayara Pereira (Dourados).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix