Campo Grande/MS, Domingo, 17 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 26 de Setembro de 2019, 16h:33
Tamanho do texto A - A+

Cães bombeiros embarcam para Brumadinho

Em busca de 21 corpos desaparecidos

Laryssa Maier
Capital News

Chico Ribeiro/ Portal MS

Cães bombeiros embarcam para Brumadinho

Na linguagem militar, a dupla homem/cão é chamada de binômio

Nesta quinta-feira (26) dois cachorros farejadores do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul viajaram, rumo a Minas Gerais em missão de busca e resgate das vítimas do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho. O desastre, na região metropolitana de Belo Horizonte, completou oito meses nesta quarta-feira (25). Vinte e uma pessoas seguem desaparecidas.

 

Duke e Cindy trabalham em conjunto com seus treinadores, major Fábio Pereira de Lima e sargento Luciclei da Silva Lima, respectivamente. Na missão de Brumadinho, as duas equipes contarão o auxílio do cabo Wilson Rogério de Souza Monteiro. Segundo assessoria o time embarcou no Aeroporto Internacional de Campo Grande às 10h50 com previsão de chegar à cidade ainda na noite desta quinta-feira.

 

Ambos os cães têm sete anos de idade. Duke é da raça pastor belga e Cindy é da linhagem labrador retriever. Por ser de grande porte, o cachorro macho viaja no setor de cargas do avião. Já a fêmea segue o percurso ao lado do treinador, no banco da aeronave. Esta é a primeira missão deles fora do Estado, mas os dois possuem experiência em buscas no MS, com certificados a nível nacional de buscas por restos mortais. 

 

De acordo com o major Fábio, os cães passarão por exames clínicos no médico veterinário antes do início da operação, marcada para a manhã de sexta-feira (27). “Sabemos que a dificuldade é grande e vamos trabalhar ao máximo para localizar os corpos ou os segmentos dos corpos para que possam fazer a identificação”, afirmou o bombeiro militar.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix