Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Setembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 14 de Setembro de 2021, 15h:39
Tamanho do texto A - A+

Campo Grande se torna a cidade mais segura do Brasil

O Ranking é com base em dados de 677 cidades

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/PMCG

Segurança

 

A Capital é a cidade de grande porte, com mais de 500 mil moradores, com o melhor desempenho quando avaliado o número de homicídios, morte no trânsito, despesa com segurança, agentes por habitantes, monitoramento de riscos e centro de controle e operações.

 

O Ranking Connected Smart Cities, elaborado com base em dados de 677 cidades, elegeu Campo Grande a mais segura do Brasil, seguida por São Bernardo do Campo e Belo Horizonte.  As ações vão desde a busca de afastar da sociedade qualquer ato que perturbe a ordem pública, no que se refere ao prejuízo de uma vida; a garantia da liberdade ou dos diretos de uma pessoa, que está vinculada às garantias de segurança, tranquilidade econômica; ou dos direitos de propriedade do cidadão.

 

“Nós trabalhamos com quatro eixos definidos para nortear a gestão para os próximos anos. São eles: Campo Grande Mais Segura, Campo Grande Desenvolvida e Sustentável, Campo Grande Mais Humana e Cidadã e Campo Grande Inteligente. Estes resultados mostram que estamos no caminho certo. Campo Grande é hoje uma das melhores cidades para se viver no País”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.

 

O Plano Municipal de Gestão Estratégica por Resultados vai garantir mais eficiência e celeridade nas ações, auxiliando no desenvolvimento, acompanhamento e avaliação das ações executadas pelas unidades municipais.

 

De acordo com a PMCG, entre as metas para a segurança estão a elaboração de um manual de procedimentos operacionais padrão; capacitação continuada dos servidores e qualificação para uso de pistola calibre .40; aquisição de bicicletas para partulhamento e de quadriciclos para usos nos parques Ayrton Senna, Jacques da Luz, Sóter e Cônsul Assaf Trad; compra de 200 unidades de equipamento não-letal; implantação do serviço permanente da Guarda Civil Metropolitana nos nove terminais de ônibus, sendo que em três os núcleos já foram instalados: Júlio de Castilho, Bandeirantes e Guaicurus; aumentar as rondas e fortalecer as ações da Patrulha Maria da Penha.

 

As obras de revitalização da área central, que já estão sendo executadas na segunda etapa do Programa Reviva Campo, também vão auxiliar na garantia de segurança na região. Além das câmeras de videomonitoramento que serão instaladas, a área no entorno da antiga rodoviária de Campo Grande vai receber reforço com a instalação de uma base da Guarda Municipal. A iniciativa vai levar mais segurança ao Bairro Amambai, o mais antigo da capital, possibilitando a atração de investimentos e impulsionando novos negócios, girando a economia.

 

“É um conjunto de benfeitorias que leva mais qualidade de vida aos cidadãos que vivem nessa região. Não é apenas de segurança que falamos, mas de bem-estar, de trazer ao espaço público o dinamismo para qual ele se propõe”, finaliza a coordenadora do Reviva Campo Grande, Catiana Sabadin.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix