Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 09 de Setembro de 2020, 15h:39
Tamanho do texto A - A+

Com a queda de homicídios MS tem o melhor resultado do País

O mais recente levantamento, que traz números dos assassinatos ocorridos entre 2008 e 2018

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/Polícia Militar

Adolescente confessam homicídio e são presos

..

Elaborado pelo Ipea (Instituto Brasileiro de Pesquisa Econômica Aplicada) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os dados são do Atlas da Violência 2020,, e que traça o perfil das mortes ligadas a crime no Brasil. O documento aponta que os homicídios caíram 14,3% em Mato Grosso do Sul de 2017 para 2018.

 

O mais recente levantamento, que traz números dos assassinatos  ocorridos entre 2008 e 2018, mostra que a taxa de homicídios por 100 mil habitantes passou de 24,3 em 2017 para 20,8 em 2018 em Mato Grosso do Sul, que aparece no Atlas de 2020 como a sexta melhor taxa de mortes violentas, ficando atrás somente do Piauí (19,0), Distrito Federal (17,8), Minas Gerais (16,0), Santa Catarina (11,9) e São Paulo (8,2).

 

O Atlas da Violência aponta que em 2018 houve queda nos crimes letais em 24 dos 27 estados brasileiros. Ao todo foram 57.956 mortes violentas no Brasil, o que representa uma queda de 12% em nível nacional em relação a 2017, quando foram contabilizados 65.602 homicídios. Entre outros fatores, o levantamento mostra que as políticas estaduais de segurança imprimiram maior efetividade à prevenção e ao controle da criminalidade violenta.

 

Entre os fatores apontados pelo Atlas da Violência com impactos diretos nos índices criminais, estão o tráfico de drogas e as organizações criminosas. “Mato Grosso do Sul é recordista nacional em apreensões de drogas, além disso tem mais de 40% do seu território localizado na linha ou faixa de fronteira, onde as forças de segurança interceptam os maiores carregamentos de entorpecentes do país e, ainda assim, estamos entre os seis estados brasileiros com as menores taxas de homicídios. Esse índice é resultado do incremento em pessoal e investimentos em estruturas e na capacitação dos policiais que estão na ponta”, garante o governador Reinaldo Azambuja.

 

De acordo com assessoria, os dados da Sejusp apontam que entre os anos de 2018 e 2019 a queda nos homicídios foi superior a 12% em Mato Grosso do Sul, com uma média de 14 mortes por grupo de 100 mil habitantes.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix