Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 28 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 10h:53
Tamanho do texto A - A+

Estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos

Clima no Estado vem batendo seus recordes

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/Portal MS

Estiagem pode bater média histórica dos últimos dez anos

O município de Coxim registrou a maior temperatura do país com 42,9°C no dia 15 de setembro

 

Relacionado ao clima, mês de setembro vem batendo recordes, com condições nada favoráveis. Segundo uma análise dos dados históricos do Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec), a qual acaba de atualizar o recorde de mais alta temperatura, indica também a possibilidade de este ser o mês mais seco dos últimos dez anos.

 

Alguns municípios de Mato Grosso do Sul não veem chuva desde o mês de junho, como é o caso de Sete Quedas que está há 83 dias sem chuva. Porto Murtinho e Costa Rica também passam por um longo período de estiagem, contabilizando 64 e 43 dias respectivamente.

 

As temperaturas elevadas associadas a ausência de chuva, resultam em umidade do ar em níveis críticos. Em algumas regiões do Estado se assemelham ao clima de deserto. Nos últimos dias o índice de umidade chegou aos 10% em Amambai, Coxim e Sonora. A boa notícia é que a média histórica se mantém lá em 2010, com 6% registrado em São Gabriel do Oeste, conforme o banco de dados do Cemtec.

 

Pelo menos até dia 24 de setembro, não há previsão de chuva significativa, afirma a especialista do Cemtec. “Dados preliminares do modelo internacional de previsão numérica de tempo, apontam condição de chuva para o Estado entre os dias 25 e 27 de setembro”. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix