Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 09 de Outubro de 2019, 18h:34
Tamanho do texto A - A+

Imasul alerta para regras da pesca sustentável

Período proibido para pesca é do dia 5 de novembro até 28 de fevereiro

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação/Portal MS

Imasul alerta para regras da pesca sustentável

Piracema é a reprodução dos peixes 

 

Na sexta-feira (11) é feriado em celebração à criação do Estado, mas algumas categorias começam a folgar antes. Funcionários públicos estaduais, por exemplo, já não trabalham na quinta-feira pela antecipação do feriado do Dia do Servidor (28). E sábado é feriado nacional, Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Esse é o último feriadão antes do fechamento da pesca para a reprodução dos peixes promete levar muita gente às barrancas dos rios de Mato Grosso do Sul, e o melhor conselho para quem não quer estragar a diversão é respeitar as regras ambientais. 

 

O período de defeso dos peixes se estende de 5 de novembro até 28 de fevereiro, conforme disciplina Resolução estadual editada em 2011. Nesse intervalo os peixes sobem os rios em numerosos cardumes na direção das cabeceiras para reprodução. Portanto, fica proibido todo tipo de pesca e quem for pego praticando a atividade será preso e terá todo material apreendido (incluindo barcos), além de pagar multa.

 

A única exceção é para os moradores das barrancas dos rios e que sobrevivem da pesca. Essas famílias podem retirar um exemplar ou até três quilos de peixes ao dia, para consumo próprio. “Essa regra só vale para famílias carentes que moram na beira ou próximas ao rio e que utilizam do pescado como fonte de proteína. Esse peixe não pode ser vendido, tem que ser para consumo da família. A Polícia Militar Ambiental vai fazer essa fiscalização”, alerta o diretor presidente do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), André Borges. Conforme a assessoria, o Imasul é o órgão responsável pela normatização ambiental do Estado e está vinculado à Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix