Campo Grande/MS, Sábado, 26 de Setembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 30 de Julho de 2020, 18h:02
Tamanho do texto A - A+

Médico defende 'lockdown' imediato em Campo Grande

Júlio Croda afirma que essa é a única medida para evitar colapso da saúde

Hélder Rafael
Capital News

Reprodução/Facebook

Júlio Croda afirma que essa é a única medida para evitar colapso da saúde

Júlio Croda afirma que essa é a única medida para evitar colapso da saúde

O médico infectologista Júlio Croda, pesquisador da Fiocruz e professor da UFMS, defendeu nesta quinta-feira (30) na live sobre Covid-19 do governo estadual um "lockdown" imediato em Campo Grande para tentar conter o avanço a disparada de contágio e de mortes pela doença. 

 

Para o pesquisador, o "minilockdown" dos dois últimos fins de semana e o toque de recolher não deram resultados na Capital. Ele afirma que o lockdown é o único jeito de evitar o colapso do sistema de saúde da cidade pelo esgotamento da capacidade de ampliação de UTIs pela falta de médicos. 

 

"Mesmo que a gente inicie esse lockdown hoje, o impacto na diminuição da taxa de contágio, de novos casos, só vai ser visto daqui a duas semanas. Quanto mais adiar essas medidas, mais tempo nós viveremos o caos", explicou Croda.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix