Campo Grande/MS, Domingo, 17 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sábado, 28 de Setembro de 2019, 11h:37
Tamanho do texto A - A+

Pequenos negócios registram novo saldo positivo de empregos em MS

No estado, o levantamento do Sebrae aponta que micro e pequenas empresas geraram 90% das novas vagas de trabalho formais no mês passado

Adriana Ximenes
Capital News

De cada 10 empregos gerados no país em agosto deste ano, oito foram nos pequenos negócios. Esse é o dado revelado em análise feita pelo Sebrae, com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. Em Mato Grosso do Sul, das 1.152 vagas de trabalho formais criadas no mês passado, as micro e pequenas empresas (MPE) foram responsáveis por 1.042, o que corresponde a 90% do total.

 

O setor de Serviços continua liderando a geração de empregos no país, resultado também verificado em MS. No estado, o setor foi responsável por 571 vagas em agosto; seguido por Indústria da Transformação, com 499 oportunidades; Comércio com 105 e Construção Civil com 74. Para o diretor de operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, o resultado sinaliza, também, uma retomada do crescimento econômico, uma vez que o setor da construção está diretamente relacionado a investimentos em infraestrutura.

 

“Os pequenos negócios pela sua facilidade no processo de retomada econômica que o Brasil está começando a viver, eles rapidamente contratam. Nós temos um resultado importante com o setor da Construção Civil e a Indústria da Transformação. Construção vai depender de tijolo, tela, cimento, isso por si só já levanta a Indústria da Transformação que por sua vez, retroalimenta o Comércio”, explica o diretor.

 

Dados nacionais

Em todo o país, o levantamento aponta que as MPEs criaram 95.587 vagas de trabalho no mês passado, enquanto as médias e grandes corporações geraram um quarto desse saldo. Incorporando ao total de contratações feitas pela administração pública, o número de novos postos de trabalho foi de 121.387, com os pequenos negócios respondendo por quase 80% desse total, o melhor saldo do mês de agosto dos últimos cinco anos.

 

No acumulado de janeiro a agosto, os pequenos negócios geraram 541,7 mil empregos, saldo 15 vezes maior que o registrado pelas médias e grandes empresas, tendo superado, ainda, em 6% o registrado pelos pequenos negócios no mesmo período do ano passado.

 

Já o saldo de vagas nas corporações de maior porte foi de 35,1 mil contratações com carteira assinada, nesse mesmo período. O resultado é 58% menor do que elas haviam registrado em 2018. O volume de postos de trabalho gerados pelas MPE no mês passado superou em 117% o saldo de julho e em 14,5% o resultado do mesmo mês em 2018.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix