Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 23 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019, 15h:56
Tamanho do texto A - A+

PMA apreende 150 filhotes de papagaios, a quais estão aos cuidados do CRAS

A apreensão dos filhotes aconteceu durante barreira da PMA na rodovia BR-267

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/ Portal MS

PMA apreende 150 filhotes de papagaios, a quais estão aos cuidados do CRAS

As aves eram levadas em quatro caixas de madeira no porta-malas de um Fiat Uno

Foram apreendidos neste sábado (14) pela Polícia Militar Ambiental (PMA) durante barreira na BR-267, em Bataguassu, 150 filhotes de papagaios.  As aves têm entre 20 e 40 dias, estima o biólogo Marlon Cominetti, coordenador do CRAS. 

 

Os papagaios já estão no CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres), após passarem por exames clínicos e sanitários, foram acomodados em ambientes apropriados e estão sendo alimentados com uma ração especial para filhotes.

Divulgação/ Portal MS

PMA apreende 150 filhotes de papagaios, a quais estão aos cuidados do CRAS

Sem os cuidados adequados, poucos filhotes sobrevivem até a fase adulta

 

Todos os filhotes estão bem, assegura o biólogo. “Sem sinais aparentes de problemas de saúde e essa rotina será seguida até que todos tenham condições de serem encaminhados para o primeiro recinto de treinamento. Nessa etapa eles serão marcados com anilhas de identificação”.

 

Segundo assessoria os papagaios passarão por três estágios de treinamento até a devolução à natureza. Cada estágio é desenvolvido em recinto distinto e próprio para esse fim. O período de treinamento dos animais pode passar de um ano, variando conforme as condições dos animais, pois cada ave tem seu próprio tempo. Após essas etapas, os animais serão destinados para fazendas cadastradas como áreas de soltura, para serem liberados no campo e monitorados ao longo dos anos.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix