Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 18 de Outubro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 17 de Setembro de 2019, 09h:06
Tamanho do texto A - A+

Procon-MS autua supermercado e descarta mais de 600 itens

Dentre eles massa de pastel e pé de moleque

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/ Procon-MS

Procon-MS autua supermercado e descarta mais de 600 itens

Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast

Em Campo Grande MS, supermercado do bairro São Conrado foi autuado pelo Procon-ms (fiscalização da Superintendência para Orientação  e Defesa do Consumidor), por apresentar  diversas irregularidades entre os produtos exposto para venda ao consumidor, principalmente produtos vencidos. 

 

Além disso, havia produtos sem  as informações essenciais tais como procedência, peso e validade, bem como  embalagens amassadas ou danificadas, todos  inutilizados para não haver o risco de retornarem às prateleiras.  No total 625 itens foram descartados. Segundo assessoria o supermercado em questão é parte de rede local e se trata de unidade reincidente em apresentar as irregularidades flagradas pela fiscalização do Procon Estadual.

 

Entre os volumes maiores de produtos, foram encontrados 51 unidades de farofa tradicional e 11 pacotes de massa fresca para pastel, 183 unidades de  doces  principalmente pé de moleque, além de sucos concentrados, biscoitos, mortadela, margarina, temperos e misturas para cremes diversos,  queijo e coco ralados, pizzas e sopas.

 

Foram encontraram doces, castanhas,  massa para pastel e frutas sem informações  essenciais, impróprios por estarem com embalagens amassadas ou violadas,  energéticos,  sucos, queijos, milho em conserva, pó para bolos e geleia de mocotó.  A unidade comercial apresentou, também, divergência  de peso entre as balanças existentes no estabelecimento, no total de cinco. Produtos que deveriam pesar um quilo chegaram a apresentar apenas 950 gramas, configurando-se em mais uma forma de lesar o consumidor.

 

Serviço:

Como é normal ocorrer, a ação do Procon Estadual se deu em atendimento a denúncias, que podem ser formalizadas por meio do “fale conosco” que  faz parte do site oficial www.procon.ms.gov.br, utilizando-se do watsapp  com o número 9 9158 0088, pelo telefone 151 ou, ainda, dirigindo-se à sede do órgão estadual à rua 13 de Junho 930.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix