Campo Grande/MS, Domingo, 09 de Agosto de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 09 de Junho de 2020, 17h:15
Tamanho do texto A - A+

Vereadores analisaram 11 projetos e arquivaram um pedido de investigação

Vereadores apoiadores do prefeito justificaram os vetos apresentados

Juliana Brum
Capital News

Na manhã desta terça-feira (09), aconteceu a 18ª sessão ordinária em Três Lagoas que precisou ser encerrada antes do horário de costume, devido problema na transmissão.

Divulgação

Vereadores analisaram 11 projetos e arquivaram um pedido de investigação

Aliados do prefeito também contestaram o veto em favor do esporte local

Na sessão, foram analisados 11 objetos em pauta, sendo oito vetos, um relatório de comissão investigativa e dois projetos de lei.

 

Mais uma investigação contra possíveis irregularidades que estavam em pauta desde o último ano, foi arquivada.

 

Apenas um dos vetos foi derrubado. Trata-se do veto ao autógrafo da Lei nº 3.463, de 23 de outubro de 2018, que “dispõe sobre a criação do Fundo Municipal de Esportes de Base”. O vereador Gilmar Garcia, autor do projeto, pediu aos vereadores para derrubarem o veto. “Pensem com carinho nesse projeto, ele vai ajudar, principalmente, as crianças, o futebol de base etc. Além disso, o Fundo pode aceitar doações de empresas”, argumentou.

 

Até mesmo vereadores da base do prefeito foram contra o veto. “Sempre apoio e ajudo o esporte no município com doações”, ressaltou Jorginho do Gás.

 

O vereador Realino defendeu o veto, dizendo que a Secretaria Municipal de Esportes, Juventude e Lazer (Sejuvel) já dá o apoio e suporte necessário. “O Poder Executivo tem uma verba específica para esse fomento”, explicou.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix