Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 10 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
ENTREVISTA
Sábado, 01 de Maio de 2021, 15h:11
Tamanho do texto A - A+

“Estou contente por levar MS para um lugar mais alto no top do miss”, afirma Mariane Balta

Com a coroa Balta se prepara para Punta Cana Fashion Week, em setembro

Elaine Silva
Capital News

Divulgação

Mariane Balta

Miss Universo Mariane Balta

 

Mariane Balta, sul-mato-grossense de 34 anos, médica veterinária e ganhadora da coroa do Miss Universo Plus Size, na noite deste domingo (25), em Punta Cana, na República Dominicana. A Miss competiu na categoria do manequim 42 ao 48, chamada de Curve Plus.

Em entrevista exclusiva ao Capital News, Balta deixou um recado para todas as pessoas que vivem em Mato Grosso do Sul. "Eu quero dizer para todo o pessoal do meu Estado e do meu país que eu estou muito contente por estar levando essa coroa para nós, e poder levar Mato Grosso do Sul para um lugar mais alto no top do miss. E dizer que eu fico muito feliz em poder estar representando todas as mulheres com curvas que acreditam em mim e que
daqui para frente irão me acompanhar", afirmou.

Felicidade é uma das palavras que define Balta após essa conquista e mostra como é satisfatório 'se aceitar'. "Eu nunca fui uma pessoa magra. Na verdade, somente uma vez na vida, fiz uma dieta muito forte e me arrependi, porque não me deixou feliz. Então como eu sempre fui cheinha, gordinha desde criança, eu sempre me aceitei muito bem com isso.

Divulgação

Mariano Balta

Miss Universo Mariane Balta


Então eu não acho que as pessoas tem que me aceitar, eu tenho que me aceitar primeiro, eu me aceitando para mim já basta". A miss ainda contou que " fico triste em ver que tantas mulheres com curva, mulheres bonitas, mulheres que poderiam estar convivendo bem consigo mesmas e sofrem de depressão ou de alguma coisa que as deixam triste, porque não aceitam seu corpo. Então eu sempre gosto de falar muito da parte de aceitação, eu sempre fui gordinha e sempre convivi bem com isso, então eu prego que a gente precisa gostar do nosso corpo, porque é a nossa casa".

Já em solo brasileiro, Mariane já se prepara para o próximo evento como miss, "com a coroa de rainha, aqui eles chamam de La Reina, eu assinei contrato internacional, então eu preciso cumprir ele. Depois de setembro eu volto para  Punta Cana, para participar do Punta Cana Fashion Week, esse vai ser um evento mais grandioso do que participei agora".

Confira a entrevista na íntegra do Capital News com a Miss Universo Plus Size;

Capital News- Como foi participar do Miss Universo Plus Size? E como surgiu o convite ?

Mariane Balta: O convite veio a partir do momento que eu ganhei o Miss Plus Model Brasil, pela categoria Plus +, e me tornei Miss Brasil no caso e aí logo em seguida me convidaram para participar do Miss Universo.

Capital News- Ainda é possível encontrar muitas mulheres com curvas acentuadas que  ainda não se aceitam. Qual o seu recado para elas ?

Mariane Balta: Sim. Eu fico triste em ver que tantas mulheres com curva, mulheres bonitas, mulheres que poderiam estar convivendo bem consigo mesmas e sofrem de depressão ou de alguma coisa que as deixam triste, porque não aceitam seu corpo. Então eu sempre gosto de falar muito da parte de aceitação, eu sempre fui gordinha e sempre convivi bem com isso, então eu prego que a gente precisa gostar do nosso corpo, porque é a nossa casa.

Capital News- Durante a competição do Miss Universo Plus Size, ou do  Miss Plus Models 2021, qual foi o seu maior desafio ?

Mariane Balta: Meu maior desafio do Miss Universo foi ficar de salto o dia todo, treinamento de salto, andar de salto e ficar a noite toda no desfile de salto. E depois disso foi o idioma, todo mundo só compreendem o espanhol e o inglês, e o meu espanhol não é muito bom, então eu tive que me desdobrar um pouco mais.

Capital News- Durante a sua trajetória  nos concursos teve algum momento em que pensou em desistir? Se sim o que te fez mudar de ideia ?

Mariane Balta: Não, em nenhum momento, na verdade, todo o momento meu pensamento era que eu estava preparada.

Capital News- Ainda sobre a situação que muitas mulheres passam por ter curvas acentuadas. Anteriormente você já passou por essa falta de aceitação? Se sim, qual foi o momento em que você decidiu se aceitar?

Mariane Balta: Eu nunca fui uma pessoa magra. Na verdade, somente uma vez na vida, fiz uma dieta muito forte e me arrependi, porque não me deixou feliz. Então como eu sempre fui cheinha, gordinha desde criança, eu sempre me aceitei muito bem com isso. Então eu não acho que as pessoas tem que me aceitar, eu tenho que me aceitar primeiro, eu me aceitando para mim já basta.

Capital News- Em relação ao seu traje 'A majestosa Pantaneira', porque o escolheu ? E qual o significado dele para você?

Mariane Balta: O meu traje me emociona muito falar dele, porque, eu precisava representar o meu Estado de alguma forma, já que a gente não é o centro do país. Então eu precisava chamar atenção para isso,homenageando o lugar que eu vim, então eu fui atrás da Patrícia, que ganhou o Miss Mato Grosso do Sul em 2013, com esse mesmo traje, para ver quem foi o estilista, eu precisava que fosse o mesmo, porque o traje dela era perfeito. E aí, eu fiquei sabendo que mãe dela que tinha feito o traje, então eu fui até Sidrolândia, no ateliê dela e ela topou fazer esse traje para mim, e eu me dediquei muito em mostrar como, explicar exatamente, porque, o homem pantaneiro não é conhecido no Brasil inteiro, então eu precisava tocar o coração dos jurados de alguma forma e aí o único gesto que sentiram isso melhor, era eu levando e tocando o berrante, então eu fiz aula e me aprimorei para poder passar, transmitir tudo o que eu precisava.

Capital News- Com a sua volta para o Mato Grosso do Sul, carregando a coroa, quais são os seus planos futuros como miss ?

Mariane Balta: Com a coroa de rainha, aqui eles chamam de La Reina, eu assinei contrato internacional, então eu preciso cumprir ele. Depois de setembro eu volto para  Punta Cana, para participar do Punta Cana Fashion Week, esse vai ser um evento mais grandioso do que participei agora.

Capital News- E para finalizar, deixe um recado para os leitores do Capital News. Mariane

Mariane Balta: Eu quero dizer para todo o pessoal do meu Estado e do meu país que eu estou muito contente por estar levando essa coroa para nós, e poder levar Mato Grosso do Sul para um lugar mais alto no top do miss. E dizer que eu fico muito feliz em poder estar representando todas as mulheres com curvas que acreditam em mim e que daqui para frente irão me acompanhar.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix