Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Segunda-Feira, 17 de Junho de 2019, 18h:12
Tamanho do texto A - A+

Caravana da Saúde começa novo ciclo de atendimento no estacionamento do Hospital Regional

Entre os atendimentos serão realizadas cirurgias de catarata, yag laser, pterígio e vitrectomia.

Flavia Andrade
Capital News

Chico Ribeiro/Portal do MS

Caravana da Saúde começa novo ciclo de atendimento no estacionamento do Hospital Regional

Entre os atendimentos serão realizadas cirurgias de catarata, yag laser, pterígio e vitrectomia.

 

Nesta segunda-feira (17), a Caravana da Saúde começou novo ciclo de atendimento em uma estrutura montada no estacionamento do Hospital Regional Rosa Pedrossian, na Capital. Serão ofertadas consultas e cirurgias na área de oftalmologia. Sendo realizadas cirurgias de catarata, yag laser, pterígio e vitrectomia. Os procedimentos na estrutura vão até 5 de julho.

 

Chico Ribeiro/Portal do MS

Caravana da Saúde começa novo ciclo de atendimento no estacionamento do Hospital Regional

Entre os atendimentos serão realizadas cirurgias de catarata, yag laser, pterígio e vitrectomia.

Para o governador Reinaldo Azambuja, “Vamos disponibilizar nesta etapa, que se inicia hoje, mais de 8 mil consultas e mais de 2 mil cirurgias. Serão atendidos os 79 municípios para irmos diminuindo a fila. A Caravana não parou. Se você olhar, muitos hospitais continuam fazendo as cirurgias eletivas”, aponta Azambuja.

 

Os pacientes que ainda não passaram pela regulação também podem ir à estrutura montada no HR, de acordo com o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. “Só queria reafirmar que se algum paciente de Campo Grande por demanda espontânea vier aqui, ele vai ser atendido dentro da regulação de Campo Grande. Nenhum paciente oftalmológico que precisar de consulta vai ficar sem ser atendido”, destaca. 

 

Durante este novo período de atendimento, o Ministério da Saúde é parceiro do Estado e o investimento dos governos, somente na parte cirúrgica, é superior a R$ 2 milhões.

 

Ainda conforme o governador Reinaldo Azambuja, “a Caravana da Saúde Indígena também será retomada, indo para Dourados e Caarapó”, pontua governador. Já foram realizados atendimentos nas regiões de Miranda, Amambaí e Aquidauana.

 

A Caravana da Saúde já fez mais de 500 mil atendimentos e 60 mil cirurgias em quatro anos e meio, com investimento de R$ 70 milhões do Governo do Estado.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix