Campo Grande/MS, Domingo, 07 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 13 de Agosto de 2021, 16h:05
Tamanho do texto A - A+

Vizinho que matou Carla é condenado a 31 anos de prisão

Acusado também estuprou e escondeu o corpo da jovem; crime aconteceu no ano passado

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/TJMS

Juiz nega liberdade de mulher suspeita de matar idosa à pancadas

Decisão foi proferida em audiência realizada nesta sexta-feira

Marcos André Vilalba Carvalho, 22 anos, foi condenado a 31 anos de prisão pela morte de Carla Santana Magalhães, de 25 anos, no ano passado. O vizinho de Carla ainda estupro, escondeu o corpo da vítima e depois de três dias deixou nu na rua próximo a casa de Carla. 

 

O crime aconteceu no dia 30 de junho de 2020, por volta das 19 horas, quando ele teria abordado a vítima e aplicado um golpe "mata leão", raptando-a e conduzindo-a até o interior de uma edícula na qual ele residia. No interior da residência, o réu teria utilizado de instrumento pérfuro-cortante, desferindo golpes contra o pescoço da jovem, cujos ferimentos foram a causa da sua morte. De acordo com a acusação, após matar a vítima, ele teria vilipendiado seu cadáver, praticando sexo com a vítima morta.

 

Entenda o caso 

Carla foi sequestrada na noite de terça-feira (30) ao voltar do mercado. Caso aconteceu no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. A vítima foi encontrada no dia 3 de julho com marcas de esganadura e nua, por um tio e um primo, em frente a uma conveniência, na esquina de sua casa.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix