Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Segunda-Feira, 01 de Outubro de 2018, 12h:32
Tamanho do texto A - A+

Bolsonaro recebe alta, mas não é liberado para fazer campanha de rua

Candidato o hospital Albert Einstein, no Morumbi, em São Paulo, após sofrer uma atentando

Flávio Veras
Capital News

Reuters

Bolsonaro recebe alta, mas não é liberado para fazer campanha de rua

Bolsonaro no avião a caminho do Rio de janeiro

 

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, recebeu alta na tarde do último sábado (29), mas não foi liberado para fazer atos de rua na campanha. O candidato o hospital Albert Einstein, no Morumbi, em São Paulo, após sofrer uma atentando.

 

O candidato ao PSL recebeu alta médica, após passar 22 dias internado por ter sido esfaqueado no dia 6 de setembro durante um ato de campanha em Juiz de Fora, em Minas Gerais. O presidenciável deixou o hospital por uma saída alternativa para evitar a movimentação da imprensa, que o aguardava na entrada principal do hospital. 

 

De acordo com o presidente do partido de Bolsonaro, Gustavo Bebbiano, o candidato segue com a saúde frágil e não fará campanha de rua. Ele avalia que, com isso, a campanha foi prejudicada. Segundo ele, a campanha não conta com muitos recursos, já que o presidenciável não aceita doações de empresários. E disse que a corrida à presidência vinha sendo feita com base no contato de Bolsonaro com o público.

 

O presidente do PSL ainda falou sobre os questionamentos de Bolsonaro sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas. Afirmou que, o que incomoda é a impossibilidade de recontagem de votos.

1 COMENTÁRIO:

A família deveria ter aproveitado e o internado num manicômio!
enviado por: carrinhocastro em 01/10/2018 às 22:49:00
0
 
0
responder

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix