Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quarta-Feira, 29 de Maio de 2019, 13h:28
Tamanho do texto A - A+

Inimputável: Adélio Bispo deve continuar no presídio federal de MS

Mesmo preso Bispo promete matar Bolsonaro e Temer para salvar o Brasil

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/PM

Facada atinge intestino de Bolsonaro, diz hospital

Adelio Bispo de Oliveira promete matar Bolsonaro e Temer

Adélio Bispo de Oliveira foi considerado inimputável, após uma avaliação psiquiatra feita a pedido da Justiça. O autor do atentado contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve permanecer no Presídio Federal de Mato Grosso do Sul.

 

"Demonstrando pouco se importar com o fato de estar encarcerado e de eventuais consequências penais ou processuais de seus atos, afirmou aos peritos que quando sair cumprirá sua missão de matar o atual Presidente da República, bem como o ex-presidente Michel Temer, que em sua visão também participaria da conspiração maçônica para conquistar as riquezas do Brasil", escreveu o juiz da Bruno Savino, na decisão que concluiu que o agressor sofre transtorno delirante persistente, o que o torna inimputável .

 

Em entrevista para a avaliação médica, Bispo alegou que Bolsonaro fazia parte de "uma conspiração maçônica para destruir o Brasil" e que pretende matá-lo ao sair da cadeia, assim como o ex-presidente Michel Temer (MDB).

 

Meses antes do atentado contra Bolsonaro, Adélio informou para os médicos que teve revelações de que somente ele poderia salvar o Brasil. As ameaças feitas a Bolsonaro e Michel Temer foram encaminhadas para o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, para ciência e adoção de medidas que entender pertinente. 

 

Atentado - O ataque aconteceu durante um ato de campanha de Bolsonaro em Juiz de Fora no dia 6. O candidato levou uma facada na barriga e precisou passar por uma cirurgia de emergência na Santa Casa da cidade. No dia seguinte, foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde segue internado.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix