Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
ENTREVISTA
Terça-Feira, 13 de Outubro de 2020, 08h:05
Tamanho do texto A - A+

Dagoberto Nogueira levará Capital para outro nível de desenvolvimento

Candidato do PDT vão defender os direitos dos trabalhadores e investir em uma educação democrática de qualidade

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Assessoria

Dagoberto Nogueira

Candidato a prefeitura de Campo Grande, Dagoberto Nogueira

 

No dia 15 de novembro acontece o primeiro turno das eleições 2020, neste ano para vereador e prefeito. Para apresentar os candidatos que concorrem a cadeira no Poder Executivo, o jornal Capital News, vai realizar uma série de reportagens, para mostrar os 14 políticos que buscam a Prefeitura da Cidade Morena.

 

Dagoberto Nogueira Filho, 65 anos, filiado e presidente do Partido Democrático Trabalhista  (PDT), com o número 12. Nasceu em São José do Rio Preto (SP) é formado em advocacia e administração de empresas. O candidato sempre sonhou em ser Prefeito de Campo Grande. "Eu amo essa cidade. Aqui eu fiz a minha vida, casei e tive filhos. Superei muitos desafios e segui em frente, sempre buscando melhorar todo dia como ser humano. Vou ser um prefeito diferente, parceiro da população e elevando Campo Grande para outro nível de desenvolvimento. Temos que pensar não só no presente, mas no futuro da cidade", relata. 

 

Nogueira já tem uma extensa ficha na política, pois ele já foi secretário de segurança pública estadual no governo Zeca do PT, até 2004, deputado estadual 2003 a 2006 pelo PDT, deputado federal em 2006, sendo reeleito em 2014. Com essa ficha, Dagoberto afirma que tem potencial para comandar a cidade."Eu tenho experiência suficiente para comandar a prefeitura, sei como atrair investimentos para a cidade e tenho conhecimento dos principais problemas. Estou preparado para esta missão". 

 

Em sua corrida pela cadeira do Poder Executido, Nogueira, diz que o prefeito não pode esquecer do meio ambiente. "O PDT sempre tem duas bandeiras que são básicas, que é defender os direitos dos trabalhadores e investir em uma educação democrática de qualidade. Sempre partimos destes dois pontos, que são bandeiras históricas do PDT e que me orgulham muito. Com certeza, não dá mais para jogar para baixo do tapete a questão ambiental em Campo Grande. Temos que criar uma economia verde para sermos a “Capital do meio ambiente no Brasil”. 

 

Confira a entrevista exclusiva de Dagoberto Nogueira ao Capital News na íntegra:

 

Capital News: Candidato, porque o senhor se acha preparado para ser Prefeito de Campo Grande ?

 

Dagoberto: Ser prefeito de Campo Grande sempre foi o meu sonho. Eu amo essa cidade. Aqui eu fiz a minha vida, casei e tive filhos. Superei muitos desafios e segui em frente, sempre buscando melhorar todo dia como ser humano. Vou ser um prefeito diferente, parceiro da população e elevando Campo Grande para outro nível de desenvolvimento. Temos que pensar não só no presente, mas no futuro da cidade. Eu tenho experiência suficiente para comandar a prefeitura, sei como atrair investimentos para a cidade e tenho conhecimento dos principais problemas. Estou preparado para esta missão.

 

Capital News: Quais são seus 5 pilares principais no seu plano de Governo, caso seja eleito nessas eleições de 2020 ? Detalhe na sua ordem de prioridade o que acha que tem que melhorar para a população de Campo Grande.

 

Dagoberto: A partir deste domingo (27), vamos detalhar nosso plano de governo. O PDT sempre tem duas bandeiras que são básicas, que é defender os direitos dos trabalhadores e investir em uma educação democrática de qualidade. Sempre partimos destes dois pontos, que são bandeiras históricas do PDT e que me orgulham muito. Com certeza, não dá mais para jogar para baixo do tapete a questão ambiental em Campo Grande. Temos que criar uma economia verde para sermos a “Capital do meio ambiente no Brasil”. São tantos predicados desta cidade nesta área que podemos tranquilamente fomentar o turismo ecológico. O prefeito precisa cuidar da fauna e flora urbana. Nossos espaços de lazer também estão abandonados. Temos mais de 100 praças em Campo Grande que precisam ser ocupadas com atividades de cultura e esporte. Eu vou investir em uma vida melhor pra todos e deixar nossa cidade bonita por inteira.

 

Capital News: Como o senhor pretende se relacionar com os Governos Federal e Estadual ? Acredita que como Prefeito eleito possa fazer uma gestão de união entre esses poderes ?

 

Dagoberto: Tenho uma grande experiência. Já estive dos dois lados. Fui secretário de Estado e sei o que é estar dentro de uma gestão. Por outro lado, também sei como funciona a dinâmica dos deputados. Como prefeito, vou saber como atrair emendas no Congresso Nacional, além de ter o caminho para contatar grandes empresários fora do Estado para vir investir em Campo Grande. Se existe uma pessoa preparada para uma gestão que faça as esferas estaduais e federais conversarem, esta pessoa sou eu.

 

Capital News: Quantos vereadores acha que é possível eleger na sua chapa ? E não tendo a maioria de apoiadores eleitos na Câmara da Capital, como será sua gestão com todos os eleitos ?

 

Dagoberto: Temos a meta de eleger pelo menos três vereadores nestas eleições de 2020. O prefeito de verdade não pode ficar pensando nisso. Ele tem de dialogar com todos os vereadores, independente de partido. O certo não escolhe lado e eu vou sempre fazer o melhor para a população. Não admito conchavos e temos que administrar de acordo com o que a população pede por meio dos colegiados e com as diretrizes do partido. O prefeito não pode se encastelar. É preciso diálogo aberto.

 

Capital News: As demandas na saúde e seus problemas aumentaram nessa Pandemia do Coronavírus, e ainda temos a constante falta médicos e enfermeiros. Qual seu plano de Governo para acabar com esses números e com as filas nos atendimentos das UPAS ?

 

Dagoberto: Nós vamos investir na saúde da família, na prevenção, pois com programas que mostrem para a população que o cuidado preventivo é o caminho é a melhor saída, isso diminui a urgência e emergência, desafoga o SUS e faz com que as pessoas tenham mais qualidade de vida. Acreditamos no atendimento familiar com uma equipe multiprofissional de casa em casa. Vamos construir o hospital municipal, equipar e reestruturar os postos de saúde.

 

Capital News: Qual seu projeto concreto para revitalização da antiga rodoviária e seu entorno ?

 

Dagoberto: Estamos definindo um projeto incrível para a antiga rodoviária, um problema da cidade que precisa ser encarado. As gestões vão passando e aquele local vai se deteriorando, chegando ao lamentável estado atual. Vamos fazer uma creche noturna na antiga rodoviária para que os trabalhadores do centro da cidade e bairros próximos possam deixar seus filhos. É viável também um estacionamento e outras questões que estamos elaborando.

 

Capital News: Como o senhor define a cidade de Campo Grande, sua economia em geral e seus pontos de entretenimento para população. Quais os três lugares que mais gosta e frequenta com a sua família.

 

Dagoberto: Eu tenho o hábito com a minha esposa e netos de todos os domingos ir até ao Mercadão Municipal de Campo Grande. Compramos erva de tereré, comemos pastel e levamos algumas mercadorias para casa. Isso eu faço desde que cheguei a Campo Grande em 1983. Também sempre que posso vou a Feira Municipal de Campo Grande comer o sobá, uma iguaria que só encontramos aqui na nossa cidade. Outro lugar que também gosto de ir é a Feira da Bolívia, onde acontece um movimento cultural fantástico e que dá prazer ir com a família. Eu amo Campo Grande.

 

Conheça o porquê Dagoberto Nogueira quer ser prefeito da Capital; confira o vídeo 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix