Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
ENTREVISTA
Quinta-Feira, 15 de Outubro de 2020, 08h:05
Tamanho do texto A - A+

Experiência política é fundamental para a Prefeitura, afirma Márcio Fernandes

Candidato do MDB aposta na saúde, educação, transporte coletivo, geração de emprego e habitação

Elaine Silva
Capital News

 

Divulgação/Assessoria

Márcio Fernandes

Candidato a prefeitura da Capital , Márcio Fernandes

 

No dia 15 de novembro acontece o primeiro turno das eleições 2020, neste ano para vereador e prefeito. Para apresentar os candidatos que concorrem a cadeira no Poder Executivo, o jornal Capital News, vai realizar uma série de reportagens, para mostrar os 14 políticos que buscam a Prefeitura da Cidade Morena.

 

Marcio Fernandes nasceu em Umuarama (PR), é filho de Wilson Fernandes e Regina Conceição Jardim Fernandes. O médico veterinário foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2006, aos 27 anos, com 9.078 votos. Atualmente ele está na corrida pela cadeira do Poder Executivo, pelo Movimento Democrático Brasileiro (MDB), com o número 15. "Os meus quatro mandatos como deputado estadual me credenciam, acredito eu, a ocupar qualquer cargo, tanto no Legislativo quanto no Executivo. A experiência política é fundamental para um cargo como este de prefeito de uma Capital e eu tenho essa experiência de gestão entre os poderes", relata o candidato. 

 

Para chegar ao comando da Capital do Estado, Fernandes afirma que os cinco pilares de seu plano de governo são: "Saúde, Educação, Transporte Coletivo, Geração de Emprego e Habitação". Márcio relatou que: "Esses são os pilares que precisamos reativar e resgatar. Eles funcionavam muito bem nas gestões do MDB, e após a gestão do MDB a gente viu que eles estão paralisados e a cidade sofre com a paralisação desses serviços". 

 

Fernandes afirma que a cidade é bem planejada porém há bairros esquecidos: "Campo Grande é uma cidade planejada e que foi transformada pelas nossas administrações, administrações do MDB. Foram abertas grandes avenidas, como Lúdio Coelho, Via Parque, Norte e Sul, enfim uma cidade que crescia com planejamento. Porém está parada, os bairros estão esquecidos, falta infraestrutura, lazer, saúde", diz Márcio. 

 

Confira a entrevista exclusiva de Márcio Fernandes ao Capital News na íntegra:

 

Capital News: Candidato, porque o senhor se acha preparado para ser Prefeito de Campo Grande ?

 

Fernandes: Os meus quatro mandatos como deputado estadual me credenciam, acredito eu, a ocupar qualquer cargo, tanto no Legislativo quanto no Executivo. A experiência política é fundamental para um cargo como este de prefeito de uma Capital e eu tenho essa experiência de gestão entre os poderes. Ao longo desses anos eu pude conhecer a política; fazer amizades; conhecer os caminhos que precisamos percorrer para atrair recursos, principalmente os federais através dos nossos senadores, deputados federais e esse trânsito com os políticos é fundamental para a administração de uma Capital. 

 

Capital News: Quais são seus 5 pilares principais no seu plano de Governo, caso seja eleito nessas eleições de 2020 ? Detalhe na sua ordem de prioridade o que acha que tem que melhorar para a população de Campo Grande.

 

Fernandes: Saúde, Educação, Transporte Coletivo, Geração de Emprego e Habitação. 

Esse são os pilares que precisamos reativar e resgatar. Eles funcionavam muito bem nas gestões do MDB, e após a gestão do MDB a gente viu que eles estão paralisados e a cidade sofre com a paralisação desses serviços. 

 

A Saúde precisa melhorar a contratação de mais médicos clínicos gerais e especialistas, também precisa melhorar a estrutura física. Queremos a construção de duas novas UPA’s, reativação do Hospital da Mulher na Moreninhas. 

 

Habitação: planejar e construir 10 mil unidades em quatro anos. 

 

Educação: voltar a premiação para os novos alunos como forma de incentivo ao estudo e qualificação dos professores.

 

Transporte: precisa de qualidade, pontualidade, modernidade da frota, exigência do cumprimento de contrato.  

 

Geração de Emprego: através do Prodes modernizado trazer novos empregos, novas indústrias para que tenha oportunidade de trabalho. A gente vê que é uma área que está estagnada na atual gestão.

 

Criação de um novo pólo industrial onde é o porto seco, transformando em ZPE (Zona de Processamento de Exportação) e proporcionando a isenção dos impostos federais, estaduais e municipais, com isso vamos atrair grandes indústrias. Queremos reativar as incubadoras como elas eram nas gestões do MDB. 

 

Capital News: Como o senhor pretende se relacionar com os Governos Federal e Estadual ? Acredita que como prefeito eleito possa fazer uma gestão de união entre esses poderes ?

 

Fernandes: Com certeza, com o governo estadual eu tenho uma boa relação. Sou deputado da base do governo, tenho proximidade não só com o governador, mas com sua equipe técnica e secretários. Vamos continuar as parcerias existentes e ampliar. Com o governo Federal, com certeza, minha relação é muito boa e próxima com a ministra Tereza Cristina e com os senadores, independente de partido. A gente tem uma relação muito boa com os deputado federais e com os senadores. Isso faz com que os recursos federais volte a se instalar no município de Campo Grande.  

 

Capital News: Quantos vereadores acha que é possível eleger na sua chapa ? E não tendo a maioria de apoiadores eleitos na Câmara da Capital, como será sua gestão com todos os eleitos ?

 

Fernandes: Pretendemos eleger de cinco a seis vereadores, pesquisas internas indicam esse dado. Depois de eleito iremos fazer uma aproximação com os vereadores eleitos nas outras chapas, apresentando nosso Plano de Trabalho. Eu acredito que aqueles eleitos, e que gostam da sua cidade, estarão junto conosco nesse projeto inovador que nós iremos apresentar a partir de 1º de janeiro de 2021.

 

Capital News: As demandas na saúde e seus problemas aumentaram nessa Pandemia do Coronavírus, e ainda temos a constante falta médicos e enfermeiros. Qual seu plano de Governo para acabar com esses números e com as filas nos atendimentos das UPAS ?

 

Fernandes: Qualificar mil médicos através de bolsas de capacitação em parceria e convênio com as universidades. Qualificar mil técnicos e enfermeiros para que possam oferecer um atendimento digno da saúde. A gente sabe que hoje não é feito esse serviço porque falta incentivos aos profissionais que estão no dia-a-dia enfrentando a pandemia e outros tipos de doenças. Então, nós queremos valorizar os profissionais da Saúde para que eles possam prestar um serviço de qualidade como faziam na época do André. 

 

Vamos levar um especialista, uma vez por semana, dentro das escolas: o pediatra. O pediatra irá fazer um trabalho de prevenção nas crianças da rede pública municipal. Também iremos levar uma vez por semana o dentista para fazer o trabalho de prevenção de cáries, utilização de flúor e dando palestras.

 

Capital News: Qual seu projeto concreto para revitalização da antiga rodoviária e seu entorno ?

 

Fernandes: Vamos fazer uma EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil) e uma escola de tempo integral para atender mil crianças, filhos de trabalhadores da região central. Vão levar seus filhos às 6h e buscar após às 18h, com todo atendimento, alimentação e infraestrutura.

 

Capital News: Como o senhor define a cidade de Campo Grande, sua economia em geral e seus pontos de entretenimento para população. Quais os três lugares que mais gosta e frequenta com a sua família.

 

Fernandes: Campo Grande é uma cidade planejada e que foi transformada pelas nossas administrações, administrações do MDB. Foram abertas grandes avenidas, como Lúdio Coelho, Via Parque, Norte e Sul, enfim uma cidade que crescia com planejamento. Porém está parada, os bairros estão esquecidos, falta infraestrutura, lazer, saúde.  Gosto de ir nos parques, utilizar as ciclovias e ir na feira central. 

 

Conheça o porquê Márcio Fernandes quer ser prefeito da Capital; confira o vídeo 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix