Campo Grande/MS, Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
ENTREVISTA
Sábado, 24 de Outubro de 2020, 08h:05
Tamanho do texto A - A+

Paulo Matos afirma que metas vão modernizar administração da Capital

Candidato do PSC aposta na Gestão, Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico, Mobilidade e Serviços

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Assessoria

Paulo Matos

Candidato a Prefeitura da Capital, Paulo Matos

 

No dia 15 de novembro acontece o primeiro turno das eleições 2020, neste ano para vereador e prefeito. Para apresentar os candidatos que concorrem a cadeira no Poder Executivo, o jornal Capital News, vai realizar uma série de reportagens, para mostrar os 14 políticos que buscam a Prefeitura da Cidade Morena.

 

"Paulo Cesar de Matos Oliveira, tem 55 anos, e é candidato à Prefeitura de Campo Grande, pelo partido Partido Social Cristão (PSC), com o número 20. Pecuarista, Matos foi ex-diretor da Agência Municipal de Habitação (Emha), "construí mais de 12 mil casas, cuidei do PAC Mobilidade, negociações com Governos Federal e Estadual e organismos internacionais, trazendo verbas para nossa cidade. Tenho um Plano de Governo com 20 metas que vão modernizar a administração e oferecer melhores serviços à população, transformando o desperdício em dignidade e respeito", relata Matos 

 

Em seu plano de governo Matos tem cinco pilares para estruturar a Capital são eles: Gestão, Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico, Mobilidade e Serviços. Conforme Matos, é "uma ordem de prioridade, precisamos antes de maia nada atuar fortemente para reorganizar a estrutura administrativa Gestão, Saúde, Habitação, Transporte Público, Empregos, Segurança, Educação, Infraestrutura, Acolhimento Social, Programa para pós-pandemia, Meio Ambiente", informa.

 

Matos ainda relata que sua força baseia-se, pois já conhece a gestão: "Conheço de gestão e estou preparado para realizar a melhor e mais dinâmica administração para nossa cidade". Matos ainda conta que a Capital é " a cidade que me acolheu. Aqui formei minha família, criei meus filhos, estruturei minha carreira profissional. É uma cidade de extrema beleza, hospitaleira, de gente trabalhadora e honesta". 

 

Confira a entrevista exclusiva de Paulo Matos ao Capital News na íntegra:

 

Capital News: Candidato, porque o senhor se acha preparado para ser Prefeito de Campo Grande ?

 

Matos: Sou empresário e pecuarista, já exerci cargos estratégicos na Prefeitura Municipal, principalmente presidente da EMHA (Empresa Municipal de Habitação) e Secretário de Especial de Projetos. Construí mais de 12 mil casas, cuidei do PAC Mobilidade, negociações com Governos Federal e Estadual e organismos internacionais, trazendo verbas para nossa cidade. Tenho um Plano de Governo com 20 metas que vão modernizar a administração e oferecer melhores serviços à população, transformando o desperdício em dignidade e respeito. Conheço de gestão e estou preparado para realizar a melhor e mais dinâmica administração para nossa cidade.

 

Capital News: Quais são seus 5 pilares principais no seu plano de Governo, caso seja eleito nessas eleições de 2020 ? Detalhe na sua ordem de prioridade o que acha que tem que melhorar para a população de Campo Grande.

 

Matos: Os nossos pilares são: Gestão, Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico, Mobilidade e Serviços. Em uma ordem de prioridade, precisamos antes de maia nada atuar fortemente para reorganizar a estrutura administrativa, Gestão, Saúde, Habitação, Transporte Público, Empregos, Segurança, Educação, Infraestrutura, Acolhimento Social, Programa para pós-pandemia, Meio Ambiente.

 

Capital News: Como o senhor pretende se relacionar com os Governos Federal e Estadual ? Acredita que como prefeito eleito possa fazer uma gestão de união entre esses poderes ?

 

Matos: Esta função eu exerci quando integrei administrações passadas como Secretário de pastas estratégicas. Articulei um excelente relacionamento com os Governos Federal e Estadual, liberei verbas, atrai investimentos privados. Eu acredito que a união faz a força e ajuda todo mundo. Por isso trabalharei em conjunto com os outros Poderes para fazer de Campo Grande a cidade que todos merecem e precisam. 

 

Capital News: Quantos vereadores acha que é possível eleger na sua chapa ? E não tendo a maioria de apoiadores eleitos na Câmara da Capital, como será sua gestão com todos os eleitos ?

 

Matos: Acredito que vamos eleger de 2 a 3 vereadores. O relacionamento com a Câmara é fundamental para nossa cidade. Passadas as eleições, independente das bancadas que se formarem, vou atuar de maneira institucional, sempre priorizando a nossa cidade. A política não pode ser um caminho de conflitos e sim de construção de pontes. Vou ter um excelente relacionamento com a Câmara de Vereadores porque sei que cada um deles representa a vontade da nossa gente.

 

Capital News: As demandas na saúde e seus problemas aumentaram nessa Pandemia do Coronavírus, e ainda temos a constante falta médicos e enfermeiros. Qual seu plano de Governo para acabar com esses números e com as filas nos atendimentos das UPAS ?

 

Matos: Vou construir o Hospital Municipal na área onde seria a antiga rodoviária no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com Rua Plutão, no Cabreúva. O Hospital terá um centro pediátrico, centro de atendimento a mulheres, além de consultas, exames e diagnósticos. Em 2 anos vamos concluir esta obra. Campo Grande é uma das poucas Capital do país que não tem seu Hospital Municipal e isso reflete o autêntico caos em que se transformou a busca por atendimentos de média e alta complexidade. Não é possível que mulheres, mães, permaneçam por mais de 1 ano em fila aguardando exames e outros procedimentos.

 

Capital News: Qual seu projeto concreto para revitalização da antiga rodoviária e seu entorno ?

 

Matos: Vamos transferir para lá o camelódromo. Ponto central e de fácil acesso, já com uma estrutura adaptada para lojas, com circulação adequada, oferecendo mais conforto para todos. Onde hoje está o camelódromo se transformou em um grande problema e impede uma obra importante de trânsito e mobilidade ali naquela região. Na rodoviária será bem melhor para todos.

 

Capital News: Como o senhor define a cidade de Campo Grande, sua economia em geral e seus pontos de entretenimento para população. Quais os três lugares que mais gosta e frequenta com a sua família.

 

Matos: Campo Grande é a cidade que me acolheu. Aqui formei minha família, criei meus filhos, estruturei minha carreira profissional. É uma cidade de extrema beleza, hospitaleira, de gente trabalhadora e honesta. A nossa economia precisa ganhar um impulso para alcançar o nível de uma Capital. Podemos gerar mais empregos, atrair novos investimentos, principalmente na área da agroindústria. Quero transformar Campo Grande na Capital da agroindústria do país. Precisamos recuperar nossa economia no pós-pandemia. E isso só será feito com uma gestão séria e capaz de entender o atual momento com os olhos voltados para as reais necessidades da nossa gente. Gosto muito dos nossos Parques, das nossas opções na gastronomia e de percorrer nossos bairros e falar com nossa gente.

 

Conheça o porquê Paulo Matos quer ser prefeito da Capital; confira o vídeo 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix