CapitalNews

Sexta-Feira, 23 de Dezembro de 2016, 19h:15

Prefeitura diz que repassou mais de R$ 27 milhões ao Hospital do Câncer em 2016

Executivo teve contas bloqueadas pela Justiça a pedido do HC

Natália Moraes
Capital News

Deurico Ramos/Capital News

Prefeitura de Campo Grande

Prefeitura declarou que bloqueio de recursos foi extremamente prejudicial

A Prefeitura de Campo Grande publicou uma nota no site institucional nesta sexta-feira (23), onde informa que realizou o repasse de mais de R$ 27 milhões ao Hospital de Câncer Alfredo Abrão em 2016. A declaração foi feita após o Executivo ter os recursos bloqueados a pedido do HC, que solicitou a medida à Justiça devido o não recebimento de repasses pelo Município.

 

Divulgação/Prefeitura

Prefeitura diz que repassou mais de R$ 27 milhões ao Hospital do Câncer em 2016

Prefeitura alega que somente em dezembro, quatro repasses foram feitos ao Hospital, totalizando R$ 4.223.633,27

O Executivo declarou que a decisão da Justiça foi "extremamente prejudicial", já que foram bloqueados R$ 1,8 milhões de cada uma das contas da Prefeitura. Ainda segundo a nota, o Município repassa mensalmente milhares de reais para o Hospital do Câncer, chegando a R$ 27.924.256,82 em 2016. Apenas em dezembro, quatro repasses foram feitos, totalizando R$ 4.223.633,27.


O prefeito Alcides Bernal (PP) esteve reunido com diretor do Hospital do Câncer, Carlos Alberto Coimbra, para discutir sobre o bloqueio dos recursos, onde apresentou os números dos repasses.


Ontem, a Prefeitura declarou que, por conta do bloqueio a pedido do Hospital, não tinha conseguido pagar o 13º de cerca de mil servidores municipais. Ainda nesta sexta-feira, o diretor-presidente do Hospital de Câncer, Carlos Alberto Coimbra, declarou em seu perfil na rede social Facebook que a instituição não tem culpa disto.


"Estamos há mais de cinco meses cobrando os valores em atraso do prefeito e do secretário municipal e não temos respostas. Esclareço também que esses valores não são de responsabilidade do Governo Federal, são valores contratualizados com o município e que deveriam ter sido repassados ao hospital em setembro", declarou. Ele disse ainda que caso o repasse não seja feito até o dia 26, a direção do HC entrará com outra ação para o bloqueio de recursos.


Hoje, a assessoria de imprensa da Santa Casa confirmou o recebimento do 13º pelos funcionários.

 

Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br