Campo Grande/MS, Domingo, 07 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 19 de Março de 2022, 16h:47
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Crianças e atividades físicas: veja como incentivar os pequenos a praticar exercícios

Por Laura Fassina

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

Toda criança ama brincar, e quando transformamos os exercícios físicos em atividades lúdicas, consegue-se estimular ainda mais a sua prática

iStock

ColunaBem-Estar

Praticar exercícios físicos é essencial para manter a saúde e o bem-estar, e quanto antes essa prática iniciar, melhor.  Assim, estimular as crianças à prática de atividades esportivas só trará benefícios ao longo da vida delas, já que irão crescer longe do sedentarismo e, consequentemente, com menos riscos de desenvolver diversas doenças e obesidade, além de estimular o hábito saudável de cuidar do corpo e da mente.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até 2030, teremos mais de 15 milhões de crianças obesas no Brasil, e esse fator pode ser reduzido com algumas mudanças de hábitos dentro de casa, como manter uma alimentação mais saudável, comendo mais frutas e verduras in natura, evitando ingerir produtos ultraprocessados, além de estimular a prática de atividades físicas entre todos os membros da família, incluindo as crianças. O indicado é que se pratique, ao menos, uma hora de atividade física, ao ar livre, de preferência, por dia.

Atividade física se aprende brincando
A criança ama brincar, e quando transformamos as atividades físicas em atividades lúdicas, consegue-se estimular ainda mais a sua prática, sem aquela reclamação de “achei isso muito chato!”. Assim, existem algumas sugestões de como você pode atrair os pequenos para esse mundo mais saudável desde a primeira infância.

Leve seu filho ao parque: pode ser qualquer ambiente aberto e livre, para que a criança possa correr e pular, subir em algum brinquedo, pedalar, jogar bola, etc. O importante é que ela se movimente. Atividades ao ar livre são essenciais para prevenir problemas de miopia, pois estimulam a visão da criança, mas também ajudam no fortalecimento dos ossos e melhoram a respiração.

Deixe que ela escolha: perguntar o que a criança gostaria de praticar é uma forma de fazer com que ela não se sinta obrigada a praticar aquela atividade. Muitas escolas de natação, skate, futebol e balé permitem que você tenha uma aula de teste. Caso a criança não se sinta estimulada, pode seguir até encontrar uma atividade que a satisfaça e a divirta.

Vá caminhando para a escola: se a escola do seu filho é perto de casa, você pode levar e buscar ele andando, mesmo que seja meia hora de caminhada. No caminho, aproveite para conversar com a criança sobre o que aprendeu, o que mais gostou e não gostou na escola. Estreite os laços!

Seja o melhor exemplo: não adianta você ficar falando para o seu filho ou filha que ele deve praticar exercícios se ele nunca vê você praticar, não é verdade? Então, seja o melhor exemplo para ele. Se você não tem tempo de ir à academia, que tal praticar yoga em casa? Você pode começar daí. Além disso, estimule a criança a convidar todos os brinquedos que ela mais ama para fazer atividades em conjunto, como a Barbie atleta, os super-heróis, os ursinhos… O importante é toda a família participar.

Lembre-se que, assim como ocorre com os adultos, é importante levar a criança a um pediatra para uma avaliação médica antes de iniciar qualquer prática esportiva, além de sempre ter um profissional especializado em crianças para orientar o seu filho ou filha na prática esportiva.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix