Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 28 de Setembro de 2019, 11h:38
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Como os jogadores brasileiros se adaptam ao futebol inglês?

Por Horácio Oliveira

Da coluna Futebol
Artigo de responsabilidade do autor

As diferenças culturais e linguísticas estão entre os grandes desafios dos atletas com carreira na Europa

Divulgação/ West Ham

ColunaFutebol

As intensas rotinas de treino não assustam os potenciais talentos e as grandes estrelas do futebol brasileiro quando o assunto é jogar em algum time da Europa. Este, aliás, é o sonho de muitos jogadores nacionais e da grande maioria dos jovens que jogam em categorias de base.

Para muitos atletas iniciantes, contudo, jogar na Europa não significa dividir o gramado - e a fama - com as estrelas do futebol mundial. Maurício Guedes, brasileiro que hoje joga no sub 19 do Naval 1893, time da segunda divisão portuguesa, diz que o clube não paga salário para os jogadores da categoria de base, apenas alimentação e alojamento.

Mesmo assim, o jogador brasileiro diz estar satisfeito com a escolha. “Todo jogador que está no Brasil sonha com uma transferência para a Europa. A oportunidade surgiu e era o meu sonho”, diz.

Ainda que questões salariais não sejam um problema para as grandes estrelas do futebol europeu, muitos jogadores estrangeiros enfrentam outros tipos de desafios em suas carreiras na Europa, como o clima e, principalmente, o idioma.

Para Jurgen Klopp, técnico do Liverpool, o domínio do inglês é fundamental para que os jogadores tenham compreensão das táticas desenvolvidas e consigam se entrosar com os demais membros do time.

Ainda de acordo com o técnico, as aulas de inglês precisam começar com palavras e frases que ajudem o jogador a compreender as ordens que recebem durante a partida.

Assim, muitos atletas recorrem a métodos de aprendizagem dinâmica e à dicas de como dominar o idioma rapidamente, como as apontadas pelo site 365Dicas.

Dominar o idioma é fundamental
Jurgen Klopp tem uma política muito clara quando se trata de jogadores de outros países: o domínio do inglês é fundamental para o sucesso do time.

Alan Redmond, ex-professor de inglês do Liverpool e coautor do livro “Oxford English for Football”, concorda com o técnico. Para ele, “o jogador precisa conseguir compreender o que o técnico diz, assim como compreender as coisas da vida em geral”.

Redmond aponta que, em suas observações dos treinos, percebeu que jogadores que não falam inglês tentavam buscar uma ou duas palavras, com seus colegas de time, que os ajudassem a entender do que se tratava a conversa. Ainda de acordo com ele, os verbos eram cruciais em momentos assim.

Isto o ajudou a desenvolver a técnica de ensino baseada na utilização dos verbos que prioriza a compreensão das palavras do técnico. “Nós apresentamos algumas das palavras e expressões mais frequentes que técnicos e colegas de time podem usar”, explica Redmond.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix