Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Setembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 28 de Novembro de 2020, 07h:29
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Salgueiro: o primeiro time fora de Recife a ganhar o Pernambucano

Por Horácio Oliveira

Da coluna Futebol
Artigo de responsabilidade do autor

Time do interior derrotou favoritos para ficar com o título estadual

Reprodução/Salgueiro

ColunaFutebol

Campeonatos estaduais disputados no Brasil são, em sua maioria, feitos para que clubes grandes conquistam troféus e comecem a temporada de forma positiva. Nos grandes centros, como São Paulo e Rio de Janeiro, surpresas podem acontecer. Em estados menores, onde o futebol está concentrado na capital, a chance de uma surpresa é muito pequena. Mas às vezes elas acontecem.

Esse foi o caso do Campeonato pernambucano de 2020. Times tradicionais como Santa Cruz, Sport e Náutico ficaram pelo caminho. Com atuações irregulares, as equipes mais tradicionais do estado sucumbiram diante do Salgueiro, que conseguiu um feito histórico. Ser o primeiro time do interior a conquistar o torneio em 106 anos de história.

Aliás, desde 1944, quando o América-PE venceu seu sexto - e último - Estadual, um time fora do trio de gigantes do Recife não levantava a taça.

A conquista aconteceu em uma vitória nos pênaltis contra o Santa Cruz, após dois empates na grande decisão. O time, que tem uma ave carcará como símbolo, soltou o grito entalado na garganta de campeão e mudou os rumos do futebol pernambucano ao ficar com o título. O campeonato pernambucano 2020 teve um final emocionante.

A conquista do título é marcada por alguns personagens emblemáticos, que certamente entrarão para história do clube. Um deles é o técnico português Daniel Neri, que após passagens pelas categorias de base do Porto-PE e Sport, desembarcou no Salgueiro com sua ânsia por evolução. O treinador foi fundamental na conquista.

"Minha esposa é pernambucana e, em um dia no qual vim de férias para Recife, comecei a subir os degraus. Primeiro comandei o sub-17 e o sub-20 tanto no Porto quanto no Sport. O Salgueiro me deu a chance de me profissionalizar. Além da proposta ser boa, pesou o desejo do clube buscar com tanta intensidade pelo título", disse o treinador ao diário Lance.

Outro fator decisivo foi a volta do atacante Ciel ao clube. Após 15 anos rodando por diversas equipes do futebol brasileiro e do mundo, o atacante retornou ao clube onde iniciou sua carreira para ajudar atletas mais novos. O jogador de 38 anos trouxe para o elenco a "rodagem" que conseguiu por defender clubes como Santa Cruz, Ceará, Fluminense e Al-Ahli

Após o título decisivo, o Salgueiro tem tido um bom desempenho também na Série D do Campeonato Brasileiro. O clube trabalha firme para crescer não só localmente, mas também ter destaque nacionalmente.

O time está vice-liderança do grupo 3. com 20 pontos. O primeiro colocado é o América do Rio Grande do Norte, com 24 pontos. O time pernambucano cinco vitórias, cinco empates e apenas uma derrota.

O time marcou 14 gols e levou apenas seis. O aproveitamento da equipe na competição é de pouco mais de 60%.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix