Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sexta-Feira, 30 de Agosto de 2019, 12h:33
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Jornal catalão diz que volta de Neymar ao Barcelona está quase descartada

Por Horácio Oliveira

Da coluna Futebol
Artigo de responsabilidade do autor

Clube não aceitou última proposta do PSG, que pedia Rakitic, Dembelé, Todibo e mais uma soma em dinheiro

Divulgação/FIFA

ColunaFutebol

Neymar vai se juntar à Seleção Brasileira nos EUA em setembro

A novela entre Neymar, PSG e Barcelona continua há quatro dias do fechamento da janela de transferências entre clubes europeus. Na quinta-feira (29), o famoso jornalista italiano Gianluca Di Marzio, da Sky Sports, chegou a cravar que Neymar tinha sido contratado pelo time da Catalunha, obrigando os clubes e o estafe do jogador a irem a público negar a informação, mas o jornal catalão Mundo Deportivo afirmou nesta sexta (30) que a volta do atacante ao Camp Nou está praticamente descartada.

A expectativa na quinta estava alta porque o presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, e o dono do PSG, o empresário catari Nasser Al Khelaifi, se encontraram em Mônaco, na França, durante a reunião da comissão estratégica da UEFA.

Segundo o Mundo Deportivo, o PSG ainda tentava convencer o meia croata Rakitic e o atacante francês Dembélé a se mudarem para Paris como parte do acordo por Neymar, além de um montante de €130 milhões (R$ 595 milhões, na cotação do final de agosto).

O jornal publicou depois que o zagueiro francês Todibo também foi colocado à disposição do clube de Paris mas que nenhum dos três quer se transferir para o time da capital francesa.

A imprensa europeia passou a quinta-feira afirmando que o Barcelona tinha uma contraproposta do PSG nas mãos, depois que o time catalão negou pagar €220 milhões (R$ 1 bilhão) por ele. Em agosto de 2017, o PSG comprou Neymar por €222 milhões -- R$ 821 milhões à época.

A informação divulgada é que o PSG topava receber uma quantia em dinheiro e mais os três jogadores do Barça para liberar Neymar - a primeira ideia do time francês era ter Phillipe Coutinho, hoje no Bayern de Munique. O time catalão, no entanto, recusou a proposta e praticamente fechou a negociação.

O Mundo Deportivo ainda afirma que a direção do Barcelona esteve dividida em relação ao atacante brasileiro durante as reuniões a maioria dos diretores, segundo a publicação, não quer que o jogador volte ao Camp Nou, porque a saída dele do clube foi feita de maneira equivocada e porque um retorno poderia gerar uma crise com a torcida.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix