Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Agosto de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Nacional
Terça-Feira, 05 de Fevereiro de 2019, 08h:12
Tamanho do texto A - A+

Informações sobre celulares ajudam a localizar vítimas em Brumadinho

Dados foram disponibilizados pela Anatel após decisão judicial

Agência Brasil
Luciano Nascimento

Reprodução/TvGlobo

Mineradora vai doar R$ 100 mil para cada família que teve parente morto na tragédia

Objetivo auxiliar no resgate de vítimas do rompimento da barragem

Além da distribuição de chips de telefone para famílias de Brumadinho, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) informou que, após autorização judicial, a localização dos celulares da população local foi disponibilizada para auxiliar no resgate das vítimas na região onde ocorreu, no último dia 25, o rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão.

O pedido para a Justiça disponibilizar o sinal dos aparelhos partiu da Advocacia-Geral da União (AGU), que entrou com medida cautelar de urgência para que empresas de telefonia fornecessem a relação de assinantes de celulares que estavam conectados nas imediações da Mina Córrego do Feijão.


De acordo com a agência, as primeiras medidas foram tomadas às 14hs do dia do incidente, uma hora e meia após o rompimento da barragem, com o grupo de crise da Anatel interagindo com as operadoras de telefonia para avaliação, restabelecimento, reparação ou manutenção das comunicações na área afetada.

“Isso garantiu o funcionamento do sinal da telefonia e da comunicação de dados móveis mesmo com interrupção no fornecimento de energia elétrica. Os primeiros geradores a gasolina chegaram na manhã do dia seguinte [26] à tragédia quando as estações de telecomunicações dispunham ainda de carga para a manutenção das operações”, disse ontem (4) a agência.

De acordo com a Anatel, a cobertura da telefonia móvel na região foi reforçada com o aumento da capacidade das antenas instaladas e o envio de novas estações itinerantes. Também foi estabelecida uma estação móvel de 4G na banda 28 (700 MHz) para atendimento emergencial de comunicação.

Outra medida foi a possibilidade dos usuários terem serviço de roaming disponível para fazerem ligações de qualquer antena, independente da prestadora. Além disso, após autorização judicial, a localização dos celulares dos moradores de Brumadinho foi disponibilizada para auxiliar no resgate das vítimas.


Balanço
Nesta segunda-feira, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais e a Defesa Civil do estado atualizaram para 134 o número de mortos após o rompimento da Barragem 1 da Vale, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. Desse total, 120 já tiveram identidade confirmada pelas autoridades. Ainda estão desaparecidas 199 pessoas.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix