Campo Grande/MS, Sábado, 24 de Junho de 2017 | 09:51
27˚
(67) 3042-4141
Tecnologia
Terça-Feira, 28 de Fevereiro de 2017, 12h:11
Tamanho do texto A - A+

Google processa Uber por roubo de tecnologia em carros autônomos

Uber tem valor de capital avaliado em quase US$ 70 bilhões

Flavia Andrade
Capital News

A holding da Google, Waymo, acusou o Uber de roubar tecnologia desenvolvida por um dos antigos líderes de projeto do Google, através da Justiça nos Estados Unidos.

A Wayno afirma através de petição a um tribunal de São Francisco, que um mês antes de deixar a empresa, para criar uma companhia de veículos autoguiados chamado OTTO. Anthony Levandowski que comanda a empresa de divisão de carros autoguiados do Uber baixou 14 mil arquivos dos servidores do Google.

“A Otto e o Uber se apoderaram da propriedade intelectual da Waymo de forma a evitar sofrer o risco, demora e despesa requeridos para o desenvolvimento independente de sua tecnologia”, afirmou a Waymo em sua petição. “Esse roubo calculado supostamente teria valido mais de meio bilhão de dólares para os funcionários da Otto, e permitiu que o Uber reanimasse um programa stagnado, tudo isso à custa da Waymo”.

O capital do Uber tem seu valor avaliado em quase US$ 70 bilhões e obteve um montante espantoso de investimento junto a grupos de capital para empreendimentos do Vale do Silício.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix