Campo Grande/MS, Domingo, 26 de Março de 2017 | 10:58
27˚
(67) 3042-4141
Reportagem Especial
Domingo, 25 de Dezembro de 2016, 07h:32
Tamanho do texto A - A+

Mãe conhece mundo das drogas, troca lar pelas ruas e recebe perdão no Natal

Conheça a história de superação de uma mulher que entrou para o mundo das drogas e em meio às dificuldades perdeu a guarda dos filhos

Myllena de Luca
Capital News

Deurico Ramos/Capital News

Mãe conhece mundo das drogas, troca lar pelas ruas e recebe perdão no Natal

Foto ilustrativa

Em uma data onde os corações ficam mais sensíveis e a vontade de ser melhor aparece, algumas pessoas tiveram a oportunidade de ter a vida renovada com a ajuda do Projeto Nova existente, desde 2011.

Uma delas é a trajetória da mulher, cujo nome foi preservado, que entrou para o mundo das drogas. Com o passar dos anos o vício ficou cada vez mais difícil de lidar. Tendo dois filhos para criar, a mulher aos poucos foi perdendo os direitos e se aproximando da rua. Trocava o lar por moradias frias, onde ninguém tem piedade e ensina da forma mais dura.

Após longos períodos de ausência e vício, a mãe perdeu a guarda dos filhos. Nas ruas e totalmente dependente das drogas, engravidou, em seguida foi levada para conhecer o Projeto Nova. Com o coração fechado para novas mudanças, voltou às ruas.

Sem a casa e os filhos, a mulher engravidou novamente e voltou a receber ajuda. Desta vez o coração estava aberto e a vontade de conquistar tudo era maior. Neste Natal, de 2016, data em que milagres e bênçãos maravilhosas podem acontecer, os filhos foram devolvidos para a jovem.

Após anos com vontade de sair das ruas, mas sem forças, ela redescobre o amor. A guarda dos filhos foi concedida novamente e a mãe, que não via as crianças há 15 anos, obteve o perdão.

Conhece alguma história assim? Esse é um caso que no Natal de 2016 teve um final feliz. Pessoas como estas buscam diariamente ajuda para conseguir sair de uma vida de dificuldades com a cabeça erguida.

Projeto Nova

Famílias, com casos parecidos, acabam chegando ao Projeto Nova, onde pessoas envolvidas em exploração sexual, vítimas de violência e drogas recebem apoio emocional. Em 2016 as famílias receberam um Natal diferente e pela primeira vez na vida, muitos tiveram a oportunidade de assistir um coral.

Projeto NOVA

Mãe conhece mundo das drogas, troca lar pelas ruas e recebe perdão no Natal

A coordenadora, Viviane Vaz, afirma que histórias marcam a vida dos voluntários


Durante cerimônia duas famílias foram "emancipadas", ação que acontece quando a pessoa completa dois anos de projeto e já pode seguir a vida sozinha. “O que marcou meu Natal de 2016 foi a frase de uma das nossas mulheres, ela disse que em 2010 a família passou a data catando lixo e hoje não precisa mais”, comenta a coordenadora Viviane Vaz. 

Desde 2011, quando o projeto foi criado, a coordenadora lembra com carinho de histórias que marcaram a vida. E por estas lembranças os voluntários focam em fazer um Natal melhor.


As crianças, mulheres e homens que recebem atendimento participaram de um culto e ceia. Semanas antes as crianças escreveram cartinhas contando o que queriam de presente. “Tínhamos aproximadamente 50 cartas e todas foram adotadas. Todas as nossas crianças receberam presentes e os adultos uma cesta para também realizar a ceia em casa”, comenta a coordenadora. 

O Projeto Nova tem como objetivo ampliar as possibilidades de mundo e relações para famílias dentro desse contexto, afim de que ganhe uma auto-estima elevada e autonomia de vida de forma saudável. A casa atende pessoas durante a semana de 13h às 18h. O projeto aceita doações, outras informações pelo site projetonova.com.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix