Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 27 de Maio de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 05 de Junho de 2018, 09h:49
Tamanho do texto A - A+

Governador estima desconto acima dos R$ 0,50 no diesel após redução do ICMS

Projeção feita pelo chefe do Executivo estadual leva em conta o desconto de R$ 0,46 concedidos pelo governo federal

Flávio Brito
Capital News

Anderson Ramos / Capital News

Greve deixa Estado em situação de emergência

Paralisação dos caminhoneiros gerou desabastecimento e redução de imposto está entre as medidas para por fim ao movimento

A expectativa sobre o barateamento do diesel nas bombas é grande, tanto para os transportadores rodoviários de carga quanto para consumidores, já que os custos com frete incidem ao longo de toda a cadeia de comércio de bens de consumo e serviço. Em entrevista à Rádio Blink, na manhã desta terça-feira (5), o governador Reinaldo Azambuja estimou que deconto para o valor cobrado nas bombas pelo derivado do petróleo deve superar os R$ 0,50. 

 

“Vamos ter além dos 46 [centavos], que sai das refinarias, mais o desconto que tem de ser dado pela redução do [Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços] ICMS aqui. Nós podemos chegar a 55, 59, dependendo das notas que saem das refinarias. Podemos chegar a mais de 50 centavos”, projetou o chefe do Executivo estadual, em entrevista ao programa Café com Blink. 

 

Logo após conceder entrevista, o governador se dirigiu à Assembleia Legislativa para entregar o projeto que reduz a alíquota do ICMS do diesel de 17% para 12%. Para garantir que o preço do diesel seja barateado também para o consumidor, um grupo de trabalho, formado por representantes do Sinpetro-MS, distribuidoras de combustíveis, Secretaria de Estado de Fazenda, Procon Estadual e Comitê de Monitoramento da Crise, vai acompanhar, por meio de verificação das notas fiscais, os valores pagos para as refinarias.

 

A expectativa é a de que o litro do diesel fique R$ 0,18 mais barato, nas bombas, já este mês. 

 

Desconto dado pelo governo federal 

O governo firmou  um acordo com a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e Lubrificantes (Fecombustíveis) para garantir o repasse do desconto de R$ 0,46 no litro do óleo diesel ao consumidor. Em um Termo de Cooperação Técnica, governo – por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) –, federação e distribuidoras se comprometem a fazer o desconto chegar na bomba de combustível. 

 

Entrevista ao Capital News nesta segunda-feira (4), o superintendente do Procon Marcelo Salomão lembrou que o desconto dado pelo governo federal se refere apenas ao petróleo, mas o diesel passa pela adição de outros componentes até chegar na bomba, como é o caso do biodiesel. Sendo assim, o desconto médio pode ser de até R$ 0,41. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix