Campo Grande/MS, Sábado, 18 de Novembro de 2017 | 14:36
27˚
(67) 3042-4141
CapitalTV
Quinta-Feira, 11 de Maio de 2017, 19h:30
Tamanho do texto A - A+

Em entrevista, Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Receita Federal falam sobre a operação Máquinas de Lama

As investigações apontaram que livros foram comprados pelo governo André junto à Gráfica Alvorada

Cristiano Arruda
Capital News

 

Polícia Federal, Controladoria Geral da União e Receita Federal, concederam um coletiva de imprensa na manhã desta quinta feira (15) para falar sobre a 4ª fase da operação Lama Asfaltica, denominada “máquinas de lama”. O delegado Cleo Mazzoti afirmou que o prejuizo nesta fase chegou a 150 milhões de reais e falou sobre o envolviento do ex-governador de Mato Grosso do Sul, André Pucinelli, nas investigações.

Já o auditor fiscal da Receita Federal, Marcelo Lingerflet, citou algumas obras que foram superfaturadas. Segundo ele, rodovias estaduais, livros didáticos e inclusive o Aquário do Pantanal, obra da gestão de Pucinelli, estão na lista. Marcelo ainda falou sobre empresas investigadas, como Águas Guariroba, El Dourado papel e celulose, Frigorifico JBS, Gráfica Alvorada, entre outras.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix